As vacinações antirrábicas sempre acontecem no segundo semestre de cada ano para cães e gatos. As doses são distribuídas gratuitamente em postos identificados e espalhados por cada cidade e região. O intuito é imunizar os melhores amigos do homem de contrair raiva, uma zoonose (doença transmitida para humanos através de animais) que afeta o sistema neurológico e não tem tratamento.

A veterinária Conceição Talita Pereira Rodrigues, atuante em uma clínica veterinária de Januária e egressa da Funorte, explica se há alguma reação para os animais após a vacina e qual a importância de levá-los anualmente para a imunização:

“A vacina antirrábica é de fundamental importância tanto para os animais como para o ser humano. Por ser uma zoonose, a raiva pode ser transmitida ao homem e é considerada um problema de saúde pública. Cães e gatos contraem a doença através do contato com animais silvestres como gambás e morcegos hematófagos que são reservatórios da doença. Esse contágio pode ocorrer de forma acidental ou pelo contato com secreções, ferimentos abertos e membranas mucosas. O animal contaminado pode morrer em até três dias”.

Ela ainda dá dicas de como prevenir seu animal de outras doenças.

Os cães devem ser vacinados após desmame com 45 dias de vida, antes disso há uma janela imunológica:

1ª Dose: 45 dias de vida

2ª Dose: 75 dias de vida

3ª Dose:  105 dias de vida

Raiva: 135 dias de vida

Também devem ser incluídos outros protocolos de vacinação para as seguintes doenças: Leishmaniose canina, Tosse dos canis ou Gripe canina e Giardíase.

Nos gatos, o esquema deve ser da seguinte forma:

1ª Dose: 6 a 8 semanas

2ª Dose: 12 semanas

3ª Dose: 16 semanas

Raiva: 16 semanas

Em Montes Claros, a vacinação antirrábica acontecerá no dia 12 de agosto, em 94 postos de vacinação, no período de 8h as 17h. As doses serão distribuídas gratuitamente.

 

Enviar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *