Nesta quarta-feira, 13 de junho, durante a programação da SIAP 2018, alunos do curso de Fonoaudiologia assistiram a palestra “Intervenção Fonoaudiológica na criança com Transtorno do Espectro Autista (TEA)”, proferida pela fonoaudióloga clínica infantil, especialista em Educação Especial com ênfase em Autismo, Monique Fernandes Feliciano, que é egressa da instituição.

A palestrante Monique Fernandes agradece o convite do coordenador do curso. “Os alunos aderiram de uma forma muito legal a proposta da instituição, foi uma troca de experiência muito bacana, eles puderam vivenciar aqui um pouco do que é a prática clínica e os recursos terapêuticos que nós, fonoaudiólogos, usamos no tratamento da criança com autismo”, esclarece.

Monique destaca ainda que a palestra “serve de grande valia para a formação dos profissionais. O autismo é um assunto que está muito em evidência, então levar informação, conhecimento e prática clínica para os acadêmicos é muito importante”.

A professora e fonoaudióloga Luciana Pompeu revela que durante a palestra é possível visualizar “as dificuldades que a criança com autismo pode apresentar, o que influencia na terapia”. Segundo ela, há uma grande procura das crianças com TEA, daí a importância da palestra para os fonoaudiólogos em formação. “A atualização de um assunto que já estudamos com um outro olhar profissional é interessante e isso acontece por causa da demanda que exige a necessidade dos profissionais estarem sempre atualizados e também é importante perceber o nosso poder de atuação profissional nesses casos”, explica Luciana.

Acadêmica do 3º período do curso, Ana Grazielle Campos, relata que a palestra ministrada por Monique Fernandes veio contribuir com o conteúdo que estuda no curso e aquisição de linguagem infantil. “Monique nos mostrou como é o desenvolvimento da linguagem infantil de uma criança que possui o autismo e quais as intervenções fonoaudiólogicas para melhorar a vida dos pacientes”, diz.

Larissa Duarte, aluna do 7º período do curso, conta que “a palestra vem agregar mais conhecimento a respeito do assunto na minha carreira profissional e também ajudar as pessoas que precisam e que ainda não tiveram conhecimento a respeito”.

Enviar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *