Você já parou para pensar por que algumas metas foram concluídas e outras não? Se já pensou e não obteve uma resposta satisfatória, não se preocupe você não é o único. De acordo com Heidi Grant, Ph.D e cientista sênior do Instituto de Neuroliderança e autora do bestseller Nine thingssuccessfulpeople do differently (Nove coisas que as pessoas de sucesso fazem de maneira diferente), há umaresposta intuitiva e que a maioria, provavelmente, pensou: que você possui determinados talentos e não outros. Mas essa é, na verdade, somente uma peça menor do quebra-cabeça que décadas de pesquisas sobre conquistas profissionais conseguiu montar. Segundo Heidi Grant, o importante não é o que você é, mas sim o que você faz — esse é o ponto de partida para ser uma pessoa de sucesso. Grant definiu nove passos para se tornar uma pessoa de sucesso, para se tornar uma pessoa que consegue alcançar seus objetivos e sonhos.Dos nove, iremos citar os sete principais. O primeiro é: Seja específico. Quanto mais detalhista em suas metas, melhor. Saber aonde você pode chegar o mantém motivado durante o percurso. Deve-se pensar, também, em ações específicas que precisam ser tomadas para se alcançar o objetivo. Seja claro e preciso e mantenha isso em mente sempre.Após dada a largada, Agarre o momento de agir. Se nos avaliarmos, veremos quão ocupados somos e como estamos sempre tentando realizar várias metas ao mesmo tempo. “Estude”, “faça academia”, “durma mais”, “acorde cedo”… E os objetivos se sobrepõe uma ao outro até que você se vê abrir mãos de alguns aqui, outros ali. Atingir meta significa agarrar essa oportunidade antes que ela se vá. Para aproveitar o momento certo, — de novo — seja mais específico: onde, quando e como fazer essa intervenção? Durante a caminhada para chegar ao seu objetivo, Saiba quanto ainda falta. É preciso monitorar o seu progresso honesta e regularmente, assim, você saberá quando estiver decaindo em rendimento e o que deve mudar em sua conduta. Outro ponto importante é ser Otimista, mas realista. Quando for definir uma meta, é bom estabelecer as probabilidades reais de concretizá-las e quais as dificuldades você poderá encontrar. Estudos mostram que acreditar que as coisas irão cair em seu colo facilmente aumentam as chances de fracasso e causa desmotivação frente a obstáculos.Seja sua melhor versão! Além de acreditar em suas habilidades, é essencial que você tenha em mente que, talvez, precise de habilidades específicas que não possui no momento, mas que pode adquirir para que seu objetivo seja real. Abraçar a ideia de que você pode mudar para melhor, pode ser o seu diferencial para se dar bem. Para Grant, o segredo que prevê quais acadêmicos irão se sobressair na faculdade é… Preparado? A Garra! Comprometer-se e persistir diante das dificuldades é outro diferencial das pessoas de sucesso. “Estudos revelam que pessoas com garra — ou seja, com determinação e coragem — atingem um nível de instrução mais elevado e são melhores alunos na universidade”, explica Heidi Grant. A boa notícia para você que não tem nenhuma dessas características, é que você pode vir a tê-las.É somente fazer da persistência uma rotina.  Foque sempre no que deve fazer, e não no que não deve fazer. Um pouco confuso, não? Vamos exemplificar: uma pessoa que está tentando parar de fumar, possivelmente, está sempre pensando “não devo fumar mais”. Todavia, não é isso que ela deve fazer, pois, assim, irá pensar em cigarro e, consequentemente, em fumar. Portanto, para ela não praticar mais o fumo, ela tem de pensar o que a ajudaria a não fumar mais. Fazer aulas de dança? Exercícios físicos? Aí é só colocar em prática.Agora é só identificar seus erros, levar esses setes passos para o seu cotidiano e utilizá-los para seu benefício próprio. “Lembre-se de que você não precisa se tornar uma pessoa diferente para ser uma pessoa de sucesso. O que importa não é o que você é, mas o que você faz”.

Enviar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *