Acadêmicos do curso de Enfermagem Funorte participaram, no dia 05 de julho, de Seminário de conclusão do Programa de Integração do Serviço, Ensino e Comunidade – Pisec. O evento aconteceu na Funorte campus JK e contou com a participação de docentes e coordenação.

Segundo a coordenadora do curso, Leila Siqueira, “o Pisec é uma disciplina que temos e, durante os semestre, os alunos foram para os Estratégia Saúde da Família- ESF, onde tiveram um plano acadêmico de atividades para cumprir. E, agora, no encerramento, eles trazem as ações e resultado, mostrando qual o impacto destas atividades na comunidade”, destacou Leila.

Durante as apresentações os trabalhos são avaliados por docentes. A enfermeira e docente, Isabela Batista Vieira, ressaltou a relevância do projeto na formação do estudante. “Nos trabalhos apresentados nesta noite, tivemos um impacto muito relevante, percebemos que tudo que foi ministrado em sala de aula, em cada encontro, estão presentes nas apresentações. Os alunos fizeram atividades em campo e reproduziram aqui e, isto, na vida deles é de grande importância, pois durante o Pisec eles fazem consultas, atendem, escutam os questionamentos do paciente e dão orientações. Esta vivência fortalece e aumenta a caminhada, porque a graduação começa na academia, mas se estende para fora e os trabalhos foram ótimos e alcançaram as nossas expectativas como docentes”, frisou.

As ações foram feitas em vários âmbitos. A equipe de Nadine Antunes Teixeira, do 7º período do curso, trabalhou com intervenção na saúde de uma zeladora. Segundo ela, “fizemos o Pisec na ESF Carmelo I, sobre percepção da zeladora Izabela Arcanjo. Realizamos a confecção do mapa de risco da unidade com base nos riscos ocupacionais que os trabalhadores estão sujeitos, identificamos uma questão prioritária e aplicamos uma intervenção/capacitação planejada, através de uma matriz de intervenção. Escolhemos capacitar a zeladora que está exposta a todos os tipos de risco e, isto, foi importante porque o projeto integra o serviço, o ensino e a comunidade. É a aplicação prática de toda a teoria vista em sala, em que temos a oportunidade de enxergar a unidade como enfermeiro e de intervir como tal”, destacou Nadine.

Já o acadêmico do 2º período do curso, Aldair Almeida Batista, interviu na prevenção e educação na saúde de obesos. Ele ressalta os resultados obtidos durante as ações. “Nosso trabalho foi realizado no ESF Alecrim, no bairro Canelas. O tema abordado foi obesidade junto a prática de atividades físicas e, vimos que a maioria não vão aos encontros porque há uma grande dificuldade de falar sobre o assunto pelo preconceito e exclusão da sociedade. Foi bacana a questão da orientação porque é um conhecimento que terão e poderão aproveitar mesmo após o nosso acompanhamento. Além disso, é extremamente importante para nossa formação, pois, através das ações, conseguimos planejar e desenvolver serviços de prevenção e promoção de saúde”, finalizou o estudante.

Enviar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *