Coordenação e tutores do curso de Medicina Funorte participaram, no dia 16 de agosto, de reunião para tratar de mudanças nas diretrizes curriculares da graduação.

 No episódio, o coordenador do curso, Marcos Barros, destacou o objetivo e importância do evento. “O curso de Medicina da Funorte está passando por um momento de transformação, em parte, devido às diretrizes curriculares de 2014, que tomou este imperativo. Porém, estamos buscando esta mudança para introduzir um novo pensar, que é uma nova abordagem do paciente, ou seja, ao invés de os médicos abordarem o paciente na doença, eles deverão os abordar na pessoa. Este processo chama-se anamnese centrado na pessoa e, acreditamos que isso, pode ser o diferencial do curso médico da Funorte”, destacou o coordenador.

Ainda no evento, tutores puderam opinar e tirar dúvidas sobre as metodologias ativas utilizadas pelos profissionais.

Enviar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *