Aqueles que foram selecionados para a lista de espera do Programa Universidade para Todos (ProUni) têm até a próxima segunda-feira (6) para comparecer à instituição de ensino onde pretendem estudar apresentando documentação que comprove os dados informados no momento da inscrição.

A lista de espera foi liberada ontem (2) para consulta às instituições participantes e é usada para ocupar as bolsas que não foram preenchidas nas duas primeiras chamadas do programa.

Entre os documentos exigidos estão comprovantes de identificação do candidato e dos membros do seu grupo familiar, comprovante de residência e de rendimentos. Veja a relação completa aqui.

Neste semestre, o ProUni oferece 174.289 bolsas de estudo em 1.460 instituições privadas de ensino superior, sendo 68.884 integrais e 105.405 parciais (50%).

Para concorrer às bolsas integrais, o candidato deve comprovar renda familiar bruta mensal per capita de até um salário mínimo e meio (R$ 1.431). Para as bolsas parciais (50%), a renda familiar bruta mensal deve ser de até três salários mínimos (R$ 2.862) por pessoa.

Fonte: Guia do estudante

Enviar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *