As inscrições para as vagas de meio de ano do Programa Universidade para Todos (ProUni) 2017 estão abertas. O período termina às 23h59 da próxima sexta-feira (9).

A primeira chamada será divulgada no dia 12 do mesmo mês, com matrícula até o dia 19, e a segunda chamada sairá no dia 26, com matrícula até o dia 30. A participação na lista de espera acontece entre 7 e 10 de julho, com resultado no dia 13. A convocação da lista de espera será em 17 e 18 de julho.

O ProUni acontece duas vezes por ano, uma no primeiro e outra no segundo semestre, e oferece bolsas de estudos de 50% ou 100% da mensalidade em faculdades particulares. Nesta edição, serão ofertadas 147.492 bolsas em 1.076 instituições.

Quem pode participar do ProUni

Pode se inscrever o estudante que não tenha diploma de curso superior, que tenha feito as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2016, com no mínimo 450 pontos na média das notas e com nota acima de zero na redação.

O estudante ainda precisa atender a pelo menos uma das seguintes condições: ter cursado o ensino médio completo em escola da rede pública ou como bolsista integral; ter cursado o ensino médio parcialmente em escola da rede pública e parcialmente como bolsista integral; ser pessoa com deficiência; ser professor da rede pública de ensino.

Pode concorrer à bolsa integral o candidato cuja renda familiar bruta mensal per capita não exceda o valor de 1,5 salário-mínimo. As bolsas parciais são para os casos em que a renda familiar bruta mensal per capita não exceda o valor de três salários mínimos.

Bolsas

O maior número de vagas está concentrado no estado de São Paulo, onde são ofertadas 35.047 bolsas; em segundo e terceiro lugares, estão Minas Gerais (16.610) e Paraná (11.590). Em relação aos cursos, a maior quantidade de bolsas oferecidas está nos cursos de Engenharia (16.314), Administração (14.273), Pedagogia (10.191) e Direito (8.606). Para Medicina, há 658 vagas disponíveis.

Do total de bolsas oferecidas, 67.603 são integrais e 79.889, parciais. São 17% mais vagas em relação ao mesmo período do ano passado.

Enviar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *