Foi realizado, no dia 30 de novembro, palestras da I Jornada de Medicina – Funorte. O evento, que foi realizado no Gold Eventos, atendeu a uma dinâmica em que os acadêmicos tinham a opção de escolher a programação na parte superior ou inferior. No episódio, foram palestrados os painéis: “Dermatite Atópica na infância, a visão do especialista”, “Atendimento em sala de parto na gestação de alto risco: uma caixinha de surpresas”, “Abordagem das crises asmática: como evitar que um paciente de risco ambulatorial se torne um paciente grave”, “Síndromes infecto-contagiosas na infância”, “O RN com dificuldade para alimentar – Uma visão multiprofissional” e “O pediatra e o desafio de envelhecimento saudável”.

Ana Cecília Versiani, dermatologista, de São Paulo, foi uma das palestrantes do evento e exprimiu sua gratidão pela participação. “Abordamos sobre a dermatite atópica, uma doença muito prevalente na infância, e que a gente precisa ajudar na formação dos acadêmicos em relação às possíveis complicações dessas doenças e as melhores estratégias de tratamento”, explicou.

A profissional contou que eventos como este devem ser estimulados, uma vez que acrescenta na formação acadêmica. “Eventos assim interdisciplinares que envolvem a pediatria e dermatologia, tem várias exceções que contribui bastante  para o aprimoramento acadêmico, que é um foco durante o ensino e graduação”, finalizou.

De acordo com a docente da Funorte e pediatra, Janine Mendes, “é de suma importância a participação dos acadêmicos, em virtude de, acrescentar os alunos temas atuais, discussões sobre polêmicas de patologias, alterações fisiológicas. Vale ressaltar, a relevância da integração de palestrantes de fora, com amostra de realidades diferentes, sendo isto, benéfico ao acadêmico”, frisou.

Acadêmico do 6° período, Márcio Godinho, foi um dos organizadores da Jornada e contou que um dos enfoques do evento é agregar o conhecimento dos acadêmicos de Medicina da Funorte. “Além de ser um evento que trouxe vários palestrantes renomados nacionalmente e internacionalmente, é um evento marcante para todos nós, sendo a primeira jornada acadêmica, com um modelo diferente no quesito extensão e de forma dinâmica”, pontuou.

Para o discente, Joober Alan, do 3° período do curso de Medicina, a Jornada Acadêmica é um evento singular para o currículo acadêmico e permite uma imersão do aluno à temas recorrentes da vida médica. “A Jornada possibilita a integração com os palestrantes renomados que realizam uma troca de experiências, as quais integram com êxito um elo eficiente com a base teórica, contribuindo desta forma para formação de um profissional médico antenado com as necessidades plurais que irão surgir durante seu percurso”, destacou.

De acordo com a acadêmica, Isadora Botelho, “A jornada é uma boa oportunidade para discutir temas atuais e entrar em contato com a realidade prática da nossa futura profissão através dos palestrantes, além de vermos diferentes pontos de vista, nos proporcionando então uma formação acadêmica mais completa e transversal”, concluiu.

Enviar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *