Ao contrário do que muitas pessoas pensam, o curso de Direito oferece mais de 10 áreas de atuação para seu estudante, além da judicial. O bacharelado em Direito é o que mais abre portas para os seus graduados, seja no mercado de trabalho ou nas carreiras públicas.

Na área privada, a principal atuação do bacharel em Direito é a de advogado, atividade privativa de profissionais inscritos na OAB – Ordem dos Advogados do Brasil, mediante aprovação no Exame de Ordem. De acordo com o professor do curso de Direito das Faculdades Integradas do Norte de Minas – FUNORTE, Welberte Ferreira de Araújo, “essa dinamicidade do curso habilita o jurista a opção pela atuação privada ou pública, conforme seu perfil e interesse, desde advogado ou através da carreira jurídica, atuando na advocacia pública, delegacia de polícia, magistratura ou ministério público”, conta.

As áreas de atuação do Direito são: acadêmica, judicial, promotoria, procuradoria de justiça, desembargadoria, defensoria pública, análise judiciária, oficial de justiça, delegacia de polícia, oficial da polícia militar, escrivão da polícia civil e diplomacia.

Por fim, o professor Welberte Ferreira chama a atenção ainda, para a importância do estudo por parte do estudante. “Um ponto a considerar, é os desafios que cercam o curso. Aqueles que aspiram o curso de Direito devem ter a plena consciência de que é necessário intensa dedicação aos estudos e a intensidade da formação pragmática para atuação no âmbito jurídico após a graduação”, explica o docente.

Enviar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *