Estratégias de Saúde da Família, esse é o foco da pós-graduação em Saúde Familiar, que objetiva especializar profissionais de diversas áreas para lidar com a saúde da população. O público alvo do curso é extenso, por isso, atingem pessoas como psicólogos, enfermeiros, médicos, odontólogos e fisioterapeutas.

“Abordamos diversos temas, como por exemplo, a epidemiologia, estudo da distribuição e dos determinantes dos estágios relacionando a saúde em populações específicas, com objetivo de apresentar o método científico aplicado a área da saúde para dar subsídios as ações e políticas de saúde, tanto aos indivíduos quanto no planejamento das ações coletivas”. explica a Andrea M. Eleutério.

Durante aula, a docente explicou sobre doenças fazendo comparações com a prevalência  entre crianças  e idosos. Com pesquisas epidemiológicas observacionais  como prevalência,  incidência, ecológicos, caso-controles, híbrido  com abrangência e prevalência para cada um desses. Além disso, a docente explicou sobre os principais fatores que podem influenciar a prevalência das doenças. “O objetivo é qualificar ainda mais esses profissionais para conhecer a condição de saúde da população, além disso, poderão fazer a construção de indicadores de saúde para dar mais subsídio ao planejamento familiar e entender sobre a taxa de mortalidade infantil e geral”, finaliza.

Gabriele Santos

Enviar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *