Evento foi organizado pela coordenação da Pós-graduação da instituição

Harmonização orofacial com uso da toxina botulínica, ácido Hialurônico, fios de sustentação e Bichectomia, esses foram o tema da palestra ministrada nesta quinta-feira, dia 9, ministrada pelo Dr. Antônio Celória, para acadêmicos e profissionais da saúde.

Organizada pela coordenação da Pós-graduação em Ortodontia, Dra. Elizabeth Simões (coordenadora), que, enfaticamente, reforçou a importância de abordar esse tema contemporâneo para o público montes-clarense:

“A Pós-graduação em Odontologia da Funorte existe há mais de 10 anos e já formou inúmeros profissionais com atuação em diversas áreas, além de cursos profissionalizantes oferecidos constantemente. A palestra de hoje vem reforçar essa qualidade trazendo um tema atual que é a devolução da harmonia fácil para o paciente, uma vez que está ligada diretamente à nós dentistas e não somente restrito aos médicos”.

Durante a palestra, Dr. Antônio Celória, fazia um apanhado geral, mostrando a realidade sem os tratamentos com uso das toxinas botulínicas e, mais tarde, com a aplicação num intervalo de tempo de seis meses, com uso desde a idade permitida.

Para a acadêmica do 7º período, Vanessa Pimenta Macedo, “a palestra é importante porque aborda justamente sobre os assuntos nas respectivas áreas que quero atuar, quando formada”.

Com o currículo extenso e inteiramente requisitado, Dr. Antônio Celória, ministra aulas pelo Brasil inteiro, é cirurgião-dentista em Maringá-PR. Atua também como especialista em Ortodontia, além de coordenar e ser professor do curso de Especialização de Ortodontia no CEODAC/FUNORTE – Núcleo Maringá-PR. Celória é conhecido nacionalmente e internacionalmente pelas suas palestras sobre Toxina Botulínica e Biomodelação na Odontologia.Além disso, ele é o introdutor da técnica de Regeneração das Papilas Interdentais e dos Colarinhos Metálicos em implantes dentários com o uso de ácido Hialurônico.

 

Enviar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *