O SESC em parceria com a Faculdade de Saúde Ibituruna – Fasi, promove na unidade uma média, de 4 a 5 encontros anuais, com o oferecimento de cursos de capacitação para representantes de associações carentes. As atividades acontecem no laboratório de Nutrição da instituição com carga horaria de 8 horas em um único dia, com o intuito de ampliar os meios de geração de renda para quem participa, na maioria, mulheres autônomas e voluntarias de instituições sociais.

Nesta quarta-feira feira, 05, uma oficina sobre docinhos de festa gourmet foi realizada e dirigida pela nutricionista e gastrônoma, Andrea Pereira da Silva, que atualmente trabalha com festas e buffet, além de dar aulas em cursos de capacitação na parte culinária. “O meu objetivo com o ensino da culinária é poder oferecer a estas pessoas uma segunda opção de trabalho e, para muitos, uma nova profissão, pois a maioria das nossas alunas não possui emprego, são voluntarias de asilos e outras instituições carentes,” disse.

Nayara Pereira Dias, autônoma, trabalha com artesanato e é voluntária da Pastoral da Criança e falou como o curso agrega em seu trabalho voluntário. “Este já é o terceiro curso oferecido pelo SESC do qual participo. Tudo que aprendo aqui é levado para a pastoral e desenvolvido em prol das crianças. É um excelente curso, que ainda pode nos garantir uma alternativa de renda extra”, concluiu.

Enviar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *