O Núcleo de Pós-Graduação em Odontologia da Funorte realizou nesta sexta-feira, 05 de agosto, no campus São Norberto, aula inaugural do curso “Odontologia – princípios fundamentais da ortopedia funcional dos maxilares”.

A aula/palestra intitulada: “Evidências científicas dos mecanismos de ação da OFM”, faz parte do primeiro módulo do curso e foi ministrada pela PhD, Patrícia Valério, especialista com reconhecimento mundial.

Para a coordenadora do Núcleo de Pós-Graduação em Odontologia da Funorte, Elizabeth Simões, a aula inaugural tem grande importância, tendo em vista que reforça e propaga a relevância dos cursos de especializações da Funorte em Montes Claros e região, uma vez que a Rede Soebras possui núcleos em todo o Brasil.

Elizabeth ainda afirmou que os temas abordados na aula inaugural são fundamentais na formação do profissional. “Os acadêmicos precisam adquirir a consciência de que a ortopedia em crianças é uma opção de interceptar e prevenir as maloclusões (qualquer desvio dos dentes de sua oclusão normal; apresentando o resultado de uma combinação casual de partes desproporcionadas) em adultos”, diz a coordenadora que completa: “Se essas maloclusões fossem diagnosticadas na fase infantil, vários problemas decorrentes delas poderiam ser evitados. As vezes, nem é preciso aparecer o dente para iniciar o tratamento. Através de condutas positivas e especializadas, as intervenções podem ser feitas”.

A PhD, Patrícia Valério iniciou a aula explicando como a ortopedia funcional dos maxilares acontece. “Ela remove as interferências indesejáveis durante o período de crescimento e desenvolvimento do sistema neuromuscular, uma vez que comanda o desenvolvimento ósseo e promove estímulos desejáveis para propiciar a plenitude da função”, explica.

Durante a aula, a especialista também citou diversos momentos da história e das criações e descobertas feitas em outrora, indispensáveis na construção do arcabouço dos profissionais atuais. Um dos nomes lembrados foi do fisiologista alemão, Julius Wolf , que afirmou: “o tecido ósseo tem sua forma definida pela carga exercida sobre sua estrutura e sua função”.

Patrícia ainda explicou que, quando mais precoce agimos, mais facilmente este dano é reparado. “Um dos procedimentos utilizados para corrigir isso é a intervenção ortopédica funcional que visa restabelecer as proporções das bases ósseas nos três planos de espaço: transversal, vertical e sagital”, fala.

O primeiro módulo do curso será composto das seguintes disciplinas:

  • Princípios Fundamentais da Ortopedia Funcional dos Maxilares;
  • Leis Planas de Desenvolvimento e sua importância na condução das terapêuticas ortopédicas funcionais;
  • Métodos de diagnóstico;
  • A importância da análise de Petrovic na condução do planejamento;
  • Planejamento e escolha terapêutica;
  • Pistas diretas e desgaste seletivo em dentição decídua e a importância das intervenções precoces;
  • Aparelhos ortopédicos, suas indicações, detalhes de confecção e ativação;
  • Discussão de casos clínicos.

Minicurrículo Patrícia Valente

  • Especialista em Ortopedia Funcional dos Maxilares.
  • Doutora em Fisiologia.
  • Pesquisadora pós-doutora da UFMG.
  • Pesquisadora do Centro de Pesquisa e Ensino em Crescimento Craniofacial – CEPECRAF – UNICSUL – SP.
  • Professora do curso de especialização em Ortodontia da Universidade de Itaúna-MG.
  • Professora do Wilma Simões European Institute, Lisboa.
  • Professora do grupo Biofokus, Turquia.
  • Pesquisadora convidada da Universidade de Aveiro, Portugal.
    Pesquisadora convidada da Universidade de Ioaninna, Grécia.

Enviar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *