Parcerias:

(38) 2101-9292
(38) 98407-1291

Funorte realiza I Festival Cultural do Pequi


  

Entre os dias 07 e 09 de fevereiro, as Faculdades Integradas do Norte de Minas – Funorte realizaram o I Festival Cultural do Pequi. O evento aconteceu no sobrado rosado da Praça da Matriz e foi promovido com objetivo de valorizar a cultura, arte e culinária norte mineira.

Durante a programação, acadêmicos dos cursos de Fisioterapia, Farmácia, Enfermagem e Estética e Cosmética ofereceram atendimentos como aferição de pressão, massagem, spa das mãos e práticas integrativas de saúde sobre uso de medicamentos. Estudantes do curso de Jornalismo também estiveram presentes no evento, com uma exposição de fotografias dos pontos turísticos da cidade, que foram registradas dentro da disciplina de fotojornalismo. Além disso, os universitários do curso de Administração levaram inovação e tecnologia para o Festival: a camiseta com QR Code trouxe aos visitantes um vídeo contando “o segredo do norte de Minas”. O vídeo mostrava os benefícios da fruta do cerrado, tema principal da festa.

Em todos os dias, os acadêmicos do curso de Gastronomia ofereceram ao público o tradicional arroz com pequi. O docente Carlos Eduardo comenta sobre a importância da realização do evento. “Manter vivas as tradições e a cultura da culinária norte mineira é uma responsabilidade que a instituição possui. O pequi é o ouro que temos no norte de Minas e nós temos o dever de preservar, para que todas as gerações permanecem cuidando e prestigiando o famoso e delicioso arroz com pequi”.

O grupo Zabelê, o artista plástico Walles Mota e o grupo de foliões movimentaram a casa rosada e marcaram presença na valorização dos artistas da região. Além disso, o artesanato regional também decorou e encantou à todos que visitaram o espaço.

Acadêmica do curso de Gastronomia, Daniela Lessa comenta que: “é muito importante estudar e poder conhecer a cultura da nossa cidade. Nós, alunos do curso de Gastronomia, estamos sempre tentando conciliar o que há de mais inovador sem deixar de preservar a essência norte mineira. O Festival é um momento único de prestigiar e reconhecer as riquezas que temos em nossa região”. 


Publicada em: 10/02/2020
13 Visualizações
Tags: