Parcerias:

(38) 2101-9494
(38) 98407-1291

Funorte lança plataforma que utiliza avatares e aposta em novo modelo de ensino-aprendizagem


  

Na última quarta - feira (02) foi realizada live especial no canal Zirctv Zirctv do YouTube, em comemoração ao lançamento nacional da plataforma ZIRC - A Nova Dimensão da Educação que será implementada em todas as escolas de ensino superior da rede Funorte.

O programa ZIRC é uma experiência que será executada no primeiro semestre de 2021 e valerá apenas para os calouros do 1/2021. "Através do acesso na plataforma, um sistema inteligente e totalmente estruturado, o aluno iniciará uma jornada acadêmica realizando escolhas, adequando seu horário de modo a adquirir os conhecimentos que ele tem mais afinidade e concordando com a sua formação profissional mediante as suas experiências. Além disso, o acadêmico também poderá interagir com a plataforma com a representação de avatares, que acompanhará a jornada do aluno, além de ganhar novos ícones a cada conquista, retratando assim de maneira gráfica e lúdica a evolução e a construção  de uma nova carreira. Cada pessoa possuirá um próprio “zup”, que é um guia ou mentor para acompanhar e auxiliar o aluno", explica a professora Vanessa Dohme, que faz parte da Comissão responsável pela construção dessa nova metodologia e mediadora da Live.

O fundador da Funorte, professor Ruy Muniz, salienta que: “Nós escolhemos o ramo da educação para nos realizarmos como  pessoa, pois a educação leva as pessoas a crescerem. Ela realmente mudou a minha vida, mudou a da Raquel assim como, a de todos os que estão aqui, e por isso priorizamos a educação. Nosso intuito é fazer escolas antenadas, escolas boas, e com o ZIRC vamos trazer de forma concreta a melhoria na vida dos jovens, para que possam se tornar um ser melhor, transformando a sua vida, da sua família e da sociedade onde vive”.

Ruy Muniz presidente também comentou sobre o atual  mercado educacional e as inovações oferecidas pelo ZIRC para a formação profissional. “É muito bom fazer parte do sistema educacional que sai na frente e que vai ser com certeza referência para nossos jovens, toda a juventude brasileira especialmente para as outras escolas. E o mercado educacional quer isso, pois as pessoas estão procurando produtos educacionais interessantes. Então nada melhor do que usar linguagens que a juventude está acostumada, que é a linguagem da gamificação; todos já sabemos que as crianças já nascem digitais, pois apresentam uma facilidade muito grande de integrar a vida real com o mundo digital, e é isso que nosso sistema educacional ZIRC vai propor para os nossos calouros em 2021 e posteriormente para todos os nossos alunos que estudam em nossas escolas. Vamos começar com os cursos de graduação, mas em breve vamos estar levando o ZIRC para educação básica”.

O evento online contou com a participação e colaboração dos diretores da rede Soebras. Dentre eles Sueli Nobre, vice-reitora do Centro Universitário Funorte, além da pró-reitora do centro universitário funorte, Diretora Thalita Pimentel, o professor Paulo Alonso, reitor da universidade Santa Úrsula, além do professor Emerson Luiz de Castro que é diretor da Faculdade Novo Milênio.  

 

"O aluno que faz engenharia,por exemplo, poderá fazer um “zirc” de fotografia como forma de aprimoramento e outras formações livres que podem ou não estar vinculados com a grande área dele. Essa liberdade é muito  interessante, e essa construção vai ser feita  e disponibilizada pela coordenação do curso", comenta o professor Natanael Átilas Aleva, reitor do Centro Universitário Unisantanna, diretor das faculdades Kennedy e Promove em Belo Horizonte.

Posteriormente,  a reitora do ICESP em Brasília,  Ana Angélica Paiva e Dr. Aparecido Pimentel Ferreira, pró-reitor do ICESP e integrante da Comissão responsável pela construção do ZIRC, exemplificam a dinâmica da plataforma, como manusear e como será a rotina adotada pelo aluno.  “Eu faço parte de uma geração que vem de um currículo engessado e que em via de regra ainda é muito utilizado. Até hoje o aluno chega na faculdade e recebe uma planilha referenciando ao que deve ser estudado, a proposta que estamos lançando é o um diferencial acadêmico, é o novo conceito de inteligente curricular que vai contaminar toda a rede”, relatou Ana Angélica durante a live, acrescentando: “o momento está exigindo inovação, e não é qualquer coisa,não é apenas um modismo, essa nova metodologia irá promover flexibilidade e liberdade para os estudantes”.

A Reitora do Centro Universitário Funorte, Doutora Raquel Muniz, destaca quanto às expectativas para o novo projeto e fala sobre o pioneirismo na inovação em âmbito acadêmico.

“Para todos nós, está sendo um momento de aprendizado e nós seremos pioneiros na aplicação desse sistema, mas também os coordenadores, professores,também o administrativo, vamos estar sendo os primeiros alunos também. Então a expectativa é a melhor possível, porque sabemos que vamos fazer essa experiência diferente e estar levando tudo isso não só para a educação privada, mas com certeza os nossos alunos depois que formados vão estar levando o aprendizado para o público e é muito importante essa integração, e tenho certeza que não vamos ficar somente na nossa instituição”.

Aproximando-se do desfecho da live, Sueli Nobre pontuou: “hoje nós estamos fazendo história, entregando para o mundo uma escola inovadora, tecnológica e que fala a linguagem dos jovens. É uma honra participar desse projeto e tenho certeza que essa história só está começando”.

A live completa pode ser assistida pelo canal https://www.youtube.com/channel/UCyG0WznhITXnI3BOW4JNrtw.


Publicada em: 09/12/2020
226 Visualizações
Tags: