(38) 2101-9292
(38) 98407-1291

EU SOU FUNORTE – Bárbara Wanny Martins


 

Egressa do curso de Psicologia das Faculdades Integradas do Norte de Minas – Funorte, Bárbara Wanny Martins, 22 anos, é natural de Rio Pardo de Minas, mas reside em Vargem Grande do Rio Pardo. A psicóloga, que concluiu a graduação em 2018, fala que a escolha da instituição se deu pelas referências positivas, internas e externas que obteve antes de ingressar na faculdade.

Ela ressalta a qualidade do ensino da Funorte. “O conjunto formado por todos os responsáveis na transmissão do conhecimento permite ao estudante, o preparo (coletivo e individual) para fazer escolhas e criar seus próprios objetivos”, destaca.

Bárbara revela que o curso é o grande responsável por seu sucesso profissional. “A escolha profissional precisa ser uma decisão constante e em movimento; os resultados são vistos na prática. A persistência, o autoconhecimento e a capacidade de adaptação foram os principais aspectos adquiridos através da graduação e que levo todos os dias em cada nova etapa”, afirma.

Os desafios da profissão são inerentes a todos os recém-formados, porém, a psicóloga frisa que o profissional não pode se acomodar. “O maior desafio é não cair no comodismo, não se limitar a uma determinada prática e posição de saber”, pontua Bárbara. Segundo ela, a receita para o sucesso é: “Sempre buscar pelo saber e adquirir títulos e experiência. Por isso, o mais breve, pretendo terminar algumas capacitações e dar início à pós-graduação”, reforça.

Para Bárbara, todos estão aptos a cursar Psicologia, pois é uma questão de adaptação. “Não creio na existência de um perfil. Acredito em uma capacidade de adaptação. O curso exige muito, pessoalmente principalmente, então, conseguir se recriar e construir novas possibilidades é de suma importância”, pondera.

As lembranças da academia são muitas, mas Bárbara cita, com saudosismo, dos trabalhos de extensão. “Dentro do que vivenciei, sem dúvidas, foi à descoberta de como criar e sustentar meus vínculos, sejam eles com os colegas, os profissionais, os locais de estágio e afins. Com isso, minhas mais saudosas lembranças são dos trabalhos em locais externos à faculdade, do contato com as pessoas e de poder executar o que aprendia em sala de aula”, finaliza.

 


Publicada em: 09/08/2019
Tags: