Parcerias:

(38) 2101-9292
(38) 98407-1291

Engenheiro formado na Funorte é destaque em obras internacionais


Engenheiro formado na Funorte é destaque em obras internacionais

 

Lucas Samuel de Freitas Veloso Veloso formou-se em Engenharia Civil no ano de 2013. O egresso da Funorte é hoje um profissional de renome nacional e internacional. Atua como projetista de estruturas, é palestrante e professor de cursos nacionais e internacionais. Autor de projetos em todo o Brasil e América Latina ele também especializou-se em Estruturas e fundações na Universidade Cidade  de São Paulo. Lucas é Diretor técnico da empresa Lucas Veloso Engenharia. 

Para Veloso, a Engenharia Civil é o campo onde os nobres semi-hábeis trabalhadores executam a visão daqueles que imaginam e sonham. No leque de seus trabalhos, pode-se destacar: * Ampliação do estaleiro keppelfels- Angra dos Reis e a autoria de projetos de fundações para os maiores supermercados do Brasil, com mais de 17 hipermercados projetados. Consultor de fundações e estruturas  em diversas construtoras do Brasil e de obras internacionais como: consultoria geotécnica para fundações de tanques na  comunidad de Qalapunku na Bolívia e em fundações para estacas escavadas sismo resistentes  na cidade de Cochabamba Bolívia.

 

Trabalho em equipe, conhecimento teórico e proatividade fazem a diferença

 

Sobre o mercado de trabalho, Lucas comenta que apesar de o Brasil passar por uma crise política e econômica e o mercado ter ficado ainda mais seletivo, as empresas estão escolhendo profissionais com algumas características específicas, como: engenheiros portadores de conhecimentos das ciências básicas, que consigam trabalhar em equipe, que tenham capacidade de usar ferramentas computacionais, além de proatividade e ética”. 

Ao ser questionado sobre o segredo do sucesso, respondeu: "estudar muito e fazer o que poucos fazem, ou seja, dedicar na busca constante por conhecimento, engenharia exige muito conhecimento e isso só é possível conseguir estudando".

O engenheiro recordou ainda do aprendizado adquirido em suas primeiras disciplinas, ainda na faculdade: Resistência dos materiais e mecânica. "Foram as primeiras aulas  que vi na graduação que estavam diretamente ligadas à engenharia aplicada, eu achava aquilo tudo fantástico, o professor Pedro Almeida tinha uma didática impressionante, ele me fazia imaginar trabalhando como engenheiro, eu ficava me imaginando aplicando aqueles conceitos e teorias, a partir dali eu já sabia o que queria ser como engenheiro", recordou.


Publicada em: 26/06/2020
43 Visualizações
Tags:

Notícias Relacionadas: