Parcerias:

(38) 2101-9292
(38) 98407-1291

Egressa de Enfermagem é aprovada em programa de residência multiprofissional


Egressa do curso de Enfermagem, a montes-clarense, Nadine Antunes Teixeira, 24 anos, concluiu a graduação no 2º semestre de 2019. Recentemente, foi aprovada no Programa de Residência Multiprofissional em Enfermagem Obstétrica na Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais – FHEMIG, em Belo Horizonte e atuará no Hospital Maternidade Odete Valadares e o Júlia Kubitschek.

A enfermeira comenta sobre seu processo de formação no ensino superior. “Foi árduo! Noites em claro durante toda a graduação, pois me dedicava quase que exclusivamente a graduação e aos estágios. Foram muitos dias sentados escrevendo, publicando trabalhos, fazendo cursos... Muitas lágrimas, muitas questões erradas e acertos também. Foi incrível viver os 5 anos e a colheita tem sido muito feliz! Deus é bom demais! Tudo isso graças a Ele!”

A egressa relata sobre as lembranças do seu período enquanto acadêmica. “Foram momentos inesquecíveis. Os estágios que realizei durante o PET-SAÚDE (Programa do Ministério da Saúde em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde e a Funorte), ficou marcado para a eternidade, pois me fez compreender que havia nascido para isso e também vale ressaltar os momentos entre os colegas, que me ensinaram muito sobre amizade, perdão, resiliência e trabalho em equipe. Em relação aos professores, além do conhecimento, foram a melhor parte da graduação, muitos se tornaram meus amigos e hoje fazem parte da minha vida e têm espaço no meu coração”.

Para esta nova etapa, a egressa fala que: “a residência é um diferencial muito grande. Além de ser uma oportunidade de emprego é uma especialização para concursos e outros processos seletivos, além disso, em prova de títulos, conta como pontuação. Também é válido salientar que, o valor da bolsa recebida é muito bom, se comparado a empregos de mesma carga horária. Sem sombra de dúvidas, a área é ampla e permite desempenho de inúmeros papeis. A graduação em Enfermagem permite que atuemos na gestão, ensino, pesquisa e/ou assistência”.

A enfermeira ainda completa dizendo que: “os desafios são muitos e o principal deles, se tratando do SUS, que é onde atuei durante a graduação e sigo atuando. São muitos os gargalos e sucateios sofridos e nem sempre dispomos do que é essencial para nossa prática. Precisamos então nos desdobrar para ofertar aos pacientes uma assistência de qualidade, humanizada e dentro de todos os parâmetros técnicos. Por isso, somente a graduação não é suficiente, é necessário estar além da média”.

Em relação aos seus planos futuros, Nadine é enfática ao afirmar que: “não gosto de criar expectativas, mas gosto de semear boas sementes e procuro colher na medida da plantação. Tenho plantando frutos de muito esforço, dedicação, abdicação. Espero com isso ser uma boa profissional, ter conhecimento suficiente para salvar e mudar a realidade de vida e saúde das pessoas. Quero ajudar minha família, construir minha vida e escrever uma história de amor, conhecimento e cuidado dentro da enfermagem”.

 


Publicada em: 16/03/2020
90 Visualizações
Tags: