Na tarde do dia 12 de novembro foi realizada a primeira palestra do evento “Engenharias em ação”, realizado pela diretoria das Engenharias Integradas Funorte, com o objetivo de ampliar o conhecimento de acadêmicos de todos os cursos de Engenharias.

Com abordagem de tema “Lean Manufacturing – Manufatura Enxuta”, ministrada por Alberto Nakamura, apalestra contou com parceria com a empresa RL & Associados. No episódio, o palestrante falou sobre o conceito de Lean Manufacturing, como e onde surgiu, por quem, e realizou dinâmica com os acadêmicos. Na atividade, os estudantes presentes se dividiram em dois grupos para a montagem de carros, essa dinâmica serviu para que eles colocassem em prática o termo aprendido durante a palestra.

Alberto Nakamura comentou sobre a palestra. “Esse curso Lean Manufacturing se trata de um assunto que é manufatura enxuta, um assunto bastante relevante no meio das engenharias por tratar da criação de sistemas e processos de maneira adequada, equilibrada e focada em um aspecto principal, que é eliminação de desperdício. Então, o tema de hoje vai ser muito relevante para os acadêmicos que tratam com processos, projetos, gestão de fábrica, gestão de produção. Além disso, temos o objetivo de sensibilizar os alunos e despertar a visão deles para a questão de desperdícios e ter processos cada vez mais simplificados e mais enxutos, enfim descomplicar a vida do profissional”, destacou.

O diretor das Engenharias Integradas Funorte, Pedro Almeida, ressaltou sobre o evento e sua importância na formação dos estudantes. “A nossa Semana das Engenharias, que acontece entre os 12 e 14 de novembro, e que chamamos de “Engenharias e Arquitetura em ação”, conta com programação diferenciada para cada curso. Teremos projetos integradores, coms shows, apresentações de projetos por parte dos alunos e, inclusive, com tecnologias automobilísticas sendo vistas no local. Hoje, a palestra é integrada para todos os cursos em parceira com a empresa RL & Associados, e tem objetivo de diminuir os desperdícios que existem nas empresas, que é algo que o acadêmico deve ter consciência desde a academia”, concluiu o gestor.

Enviar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *