Os estudantes ingressantes e concluintes do curso de graduação de serviço social terão de fazer o Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) neste ano. Uma mudança na legislação redirecionou a aplicação da área de avaliação, que inclui ciências sociais, para 2018.

A alteração é resultado da aprovação de uma portaria do Ministério da Educação que apresenta nova distribuição das áreas a serem avaliadas no ciclo do Enade.

O Enade é aplicado desde 2014 e seu objetivo é avaliar e acompanhar o processo de aprendizagem e o desempenho acadêmico dos estudantes em relação aos conteúdos programáticos previstos nas diretrizes curriculares do respectivo curso de graduação. A periodicidade máxima de aplicação do Enade para cada área é trienal.

O exame é componente curricular obrigatório dos cursos de graduação e é composto por uma prova para avaliação individual de desempenho do estudante e um questionário do estudante.

De acordo com a legislação, devem ser inscritos no exame os estudantes dos cursos de graduação, ingressantes e concluintes dos cursos avaliados na edição, bem como estudantes irregulares. No histórico escolar do estudante ficará registrada a situação de regularidade em relação à obrigação de participação do Enade.

Fonte: https://g1.globo.com/educacao

Enviar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *