Com o apoio da coordenação do colégio Indyu, professores buscam levar aos alunos um novo modelo de estilo de vida e atitudes, mostrando ao educando a importância de ser um cidadão que cuida de si e do meio em que vive. Assim, está sendo realizado no colégio Indyu, neste 1º trimestre/2017, projeto fundamentado pelas disciplinas de Ética e Valores e Educação Física que propõe aos alunos o desenvolvimento de ações capazes de o levar a reflexão e a própria mudança de hábitos para consigo mesmo e para com o meio ambiente. A ação é coordenada pelas professoras Carla Patricia Melo e Gyselle Beatriz Rocha Fernandes, educadoras da instituição.

Buscando incentivar outras pessoas, a professora Gyselle, responsável pela disciplina de Educação Física diz que com este trabalho é possível mudar os hábitos de toda a família, uma vez que a obesidade hoje é um caso de saúde pública, então a intenção é conscientizar a partir do aluno, para que possam ser os protagonistas na mudança de estilo de vida dos outros membros da família. Já foram desenvolvidas aulas teóricas e expositivas, onde  trabalharam cálculos de IMC e fizeram redações sobre a importância da prática de atividades físicas regulares.

“Esse projeto não trata somente da conscientização da poluição ou do lixo físico, mas também a poluição interna, das atitudes, que a gente convencionou chamar de lixo humano, que é a falta de respeito, de valores a falta de compreensão do seu papel enquanto pessoa em uma sociedade, entre outros. A metodologia vai desde laboratório com vídeos, poesias, rodas de discussões, até a parte física, onde os alunos irão produzir textos e confeccionar lixeiras seletivas”, explica a professora Carla Patrícia que fica responsável pelas instruções na disciplina de ética e valores.

Através do incentivo da instituição junto aos professores, as alunas Ana Júlia de Andrade e Maria Eduarda Souza Dias, ambas do 7º ano criaram um projeto intitulado “Sala limpa”, que tem a função de manter o ambiente escolar limpo, visando a melhoria para todos. Elas explicam que pensaram nisso para auxiliar os responsáveis pela limpeza e trazer conforto para professores e alunos.

Além disso, o projeto conta com a parceria das Faculdades Integradas do Norte de Minas – FUNORTE e do Instituto de Ciências da Saúde – ICS, que são de muita importância para o desenvolvimento das atividades que tiveram início no dia 08 de março.

Anna Louisa Narciso

Enviar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *