A inseminação artificial em cães é uma ferramenta de valor inestimável que está disponível para milhares de criadores de cães de raça pura em todo mundo. A inseminação artificial em cadelas é uma maneira de aumentar a qualidade dos exemplares de uma raça, superando limitações de tempo e espaço ou ainda, quando houver alguma incompatibilidade física para a monta e acasalamento.

Em abril deste ano, um casal da raça chow-chow deu início ao acompanhamento médico veterinário no Hospital Universitário Veterinário Renato Andrade com objetivo de reprodução, optando-se pela técnica de inseminação.

O procedimento inédito realizado na clínica de pequenos animais foi realizado pelo corpo clínico do Hospital Veterinário da Funorte (Dra. Clara Mota, Dra. Roberta Zuculin e Dra. Viviane Gomes) e acadêmicos do curso de Medicina Veterinária, tendo a prenhez confirmada poucos dias após o término dos procedimentos.

Após aproximadamente dois meses de gestação, a cadela de raça pura chow-chow pariu três filhotes saudáveis. Hoje, com três meses de vida, um desses filhotes compareceu na unidade para um check-up.

Para Brayan Robson dos Santos, proprietário do Canil Vale do Pet e tutor dos animais, a experiência foi muito positiva. “Só tenho a agradecer ao Hospital Veterinário da Funorte e todos os funcionários pelo excelente atendimento prestado aos meus cães. Estou muito satisfeito”, diz.

Segundo Sanny Thayna Antunes de Brito, acadêmica do 9º período do curso de Medicina Veterinária, participar da inseminação artificial em cães foi uma experiência maravilhosa e com certeza agregou muito conhecimento profissional e pessoal. “Fiquei muito feliz com o resultado. É muito gratificante saber que, por meio do nosso trabalho, é possível transformar as perspectivas do tutor do animal. Assim, posso afirmar que foi uma experiência transformadora e contribuiu para mostrar que sempre estive no caminho certo em relação a profissão e a minha área de atuação”, afirma.

O Hospital Veterinário Funorte agradece ao tutor Brayan Santos pela confiança e a todos os acadêmicos e Médicos Veterinários envolvidos no procedimento.

Enviar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *