A Capacitação de funcionários em Segurança do Trabalho é um dos objetivos alcançados pelo projeto Funorte Sustentável, promovido pela instituição. O trabalho que aconteceu no campus JK foi direcionado aos funcionários sobre os riscos que possam acontecer no ambiente de trabalho durante suas atividades.

A diretora administrativa da Funorte Campus JK, Ana Paula Nascimento, explica que os cuidados com as pessoas refletem nas ações que praticamos no meio ambiente, sendo essa visão a ser repassada com o projeto. “O cuidado conosco implica em um ambiente agradável. Às vezes achamos que sustentabilidade é somente cuidar do ambiente, mas esquecemos de nós mesmos, também estamos inseridos dentro desse ecossistema”, diz.

A palestra esclareceu dúvidas sobre como agir quando acontece algo imprevisível em situações que podem levar riscos a saúde e bem estar do trabalhador. O coordenador de segurança do trabalho, Efraim Pereira, fala da importância dessa conscientização. “O objetivo foi a prevenção dos acidentes e doenças no local de trabalho. Temos o intuito de conscientizar todos colaboradores da Funorte Campus JK a saberem como lhe dar com riscos no local de trabalho. A instituição tem o papel importante, quando ela fornece ferramentas para desempenhar a segurança do trabalho, as atividades executadas fluirão melhor”, ressalta

No treinamento, os colaboradores interagiram e praticaram alongamentos e ginástica com auxílio da professora de Educação Física, Bárbara Soares. Ela ressalta que “o funcionário passa mais tempo no trabalho do que no ambiente familiar. Os amigos mais próximos são os colegas de trabalho. A ginástica laboral, apesar de ter o benefício físico, tem uma visão de convívio social. Trazemos dinâmicas e alegrias com intuito de não mexer somente no corpo, mas no emocional do colaborador. Isso faz com que eles sintam a diferença no local de trabalho e na sua função” explica.

A ginástica laboral foi um dos fatores que mais atraiu o interesse dos funcionários, como a técnica de laboratório Eduarda Carolina Silva. “Com o treinamento podemos aprender alguns procedimentos corretos a seguir. A ginastica laboral, por termos carga horaria corrida, não procuramos tempo de praticar”, revela.

A técnica em Química, Rúbia da Silva Ferreira, explica que essa atividade não trouxe somente resultados físicos. “Além do conhecimento que passamos a adquirir podemos interagir um com outro. Muitos que não tinham informações receberam um aprendizado. Isso ajuda no próprio desenvolvimento do profissional a melhorar a ter mais disponibilidade no trabalho”, finaliza.

Marcus Braz

Enviar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *