As Faculdades Integradas do Norte de Minas- Funorte, por meio do Centro de Pesquisa da instituição, publicou a primeira edição dos Anais de Trabalho de Conclusão de Curso (TCC). O objetivo da publicação é garantir o acesso de profissionais a estes trabalhos científicos, além de contribuir para o crescimento de conhecimento da comunidade acadêmica.

Para a gestora de pesquisa da Funorte, Kimberly Jones, esta divulgação é importante para a produção científica dos professores e alunos. “Através dos anais, cidadãos da região e pesquisadores têm acesso aos novos entendimentos e conhecimentos sobre vários aspectos da nossa região. Empresas regionais podem melhor entender o perfil dos professores de nossos cursos e os frutos das investigações já feitos e, assim, criar melhores ligações entre a formação de profissionais e o mercado do trabalho regional”, frisou.

Ela cita ainda que: “temos que procurar servir de uma forma mais rica a nossa região para sermos educadores e pesquisadores que geram novos conhecimentos e servem tanto na criação de novas soluções para problemas regionais como na formação de profissionais preparados para participar na aplicação de novas tecnologias para o melhoramento do desenvolvimento social da região, estado e país”.

A publicação possibilita também, o aumento do perfil do docente como pesquisador. “Os resumos publicados nos anais também são itens que podem entrar no currículo lattes dos professores-orientadores, melhorando seu perfil profissional e melhor demonstrando seu desempenho e história como pesquisador”, destaca Kimberly.

Os acadêmicos também são beneficiados com a divulgação dos trabalhos. Segundo a gestora de pesquisa: “Estes incentivos beneficiam nossos egressos também, considerando que nacionalmente poucos formam com publicações. Isto, distingui os currículos dos alunos que formam conosco.Por exemplo, buscamos incentivar o melhor desempenho em todas as etapas do processo do TCC através da publicação dos anais. Assim, damos uma garantia de que, se todos colaborem para completar o processo do TCC, todos conseguem uma publicação”, frisou.

A Funorte iniciou os simpósios de TCC em 2014. Desde então, trabalha para melhorar o modelo de produção dos trabalhos científicos. “Trabalhamos muito para melhorar a qualidade e relevância dos Trabalhos de Conclusão de Curso, incentivando professores a continuar sua formação com mestrados e doutorados, oferecendo treinamentos e palestras sobre as melhores e mais modernas práticas em todas as áreas de pesquisa, desenvolvendo materiais dinâmicas para as salas de aula de TCC1, fiscalizando e acompanhando o processo mais rigorosamente enquanto ficamos mais fortes como uma instituição de pesquisa”, revela Kimberly.

Ela cita, ainda, sobre o compromisso da instituição em transmitir os resultados de seus estudos. “Divulgar os resultados e ser o mais transparente possível sobre as atividades de construção de novos conhecimentos é fundamental no comprimento da responsabilidade social de uma instituição de ensino superior. Cada ano contamos com a participação de milhares de voluntários da região para participar das pesquisas e nossos professores e alunos – divulgar publicamente os resultados destas investigações é uma boa prática que respeita a boa vontade do público em contribuir nas pesquisas. Então, assim crescemos no ensino e prática de ética na construção de novos conhecimentos”, finaliza a gestora.

Greiciely Rodrigues

 

Enviar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *