Estudantes do 2º período dos cursos de Jornalismo, Administração e Pedagogia participaram, na última sexta-feira, 05 de outubro, de III Simpósio “Onde está a felicidade?”, evento que aconteceu no auditório da Faculdade de Saúde Ibituruna – Fasi e teve o objetivo de conscientizar sobre a importância de ajudar a Fundação Sara.

Para a docente que ministra a disciplina Projeto Integrador, Carla Patrícia Melo, o evento foi planejado para que os alunos saibam atuar em uma equipe multidisciplinar, cada um com a sua área, contribuindo para um melhor resultado do trabalho. “O simpósio propõe aos estudantes o desafio de trabalhar em uma equipe multidisciplinar, cada um conforme a sua ciência, de forma unificada. Ou seja, temos o pedagogo atuando como pedagogo, o administrador atuando com administrador e o jornalista atuando como jornalista. Então, o objetivo é ter uma abordagem social, mas também ter uma consciência da formação profissional de forma multifuncional, pois o mercado atual exige isso e, a Funorte, mais uma vez, sai na frente oferecendo uma disciplina que, além da visão da área, faz com que o acadêmico enxergue o trabalho contemplando outros universos”, destacou a docente.

Durante o início, os estudantes prestigiaram o show do grupo Luiz Otávio e Banda; após, a presidente da Fundação Sara; instituição para qual os alunos conseguiram arrecadar 7 cofres para doação; apresentou a campanha e frisou a importância que a Fundação tem em Montes Claros, além da palestra com a psicóloga Valéria Volker. E, por fim, o grupo Pássaro Azul fizeram apresentação de dança.

A acadêmica do curso de Pedagogia e uma das organizadoras do evento, Arieide Crislaine Lara Pereira, ressaltou sobre a experiência que o evento proporcionou. “A professora Carla nos propôs a missão de organizar um evento que explicasse um pouco sobre a existência da felicidade e que, abraçássemos uma instituição social de Montes Claros. Então, escolhemos a Fundação Sara e a gincana dos cofres e, distribuímos um em cada unidade da Funorte, na Fasi e Colégio Ímpar e foi muito interessante perceber o carinho que todos tem pela instituição e a vontade que tiveram de ajudar. O trabalho em geral, também foi muito importante, pela experiência de organizar um evento, por nos proporcionar conhecer instituições sociais e o trabalho delas e aprendermos a trabalhar em grupo em prol de uma causa”, finalizou a estudante.

Enviar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *