Foi realizado, no dia 24 de outubro, I Colóquio Regional Família Contemporânea e Escola: compartilhando responsabilidades, evento realizado pela direção da Faculdade de Saúde Ibituruna – Fasi, em parceria com as coordenações dos cursos de Psicologia da Fasi e Funorte.

No episódio, a psicoterapeuta sistêmica, Renata Nunes discutiu o tema “A família contemporânea e a escola: intervenções possíveis”. Também, o psicanalista membro do Espaço Brasileiro de Estudos Psicanalíticos RJ, co-fundador do Núcleo em BH, Eduardo Lucas Andrade abordou a temática “Família e Escola: A função dos laços sociais em tempo de cólera”.

Durante o evento, direção, coordenação e docentes dos cursos estiveram presentes no evento. Segundo a diretora da unidade Fasi, Sabrina Gonçalves, “o I Colóquio Família Contemporânea e Escola é um tema rico a ser discutido por grupos de psicólogos, educadores e profissionais da saúde, até mesmo, porque todos eles estão interligados e o evento tem o papel de orientar e tirar dúvidas”, destacou.

A coordenadora do curso de Psicologia Fasi, Laura Lílian, também destacou sobre a relevância do tema. “O Colóquio trouxe temas fundamentais quando falamos de relações entre a família e escola, isto porque, família contemporânea se mostra em diferentes configurações e nós, como psicólogos ou educadores, devemos estar preparados para cuidar, educar e orientar”, frisou a coordenadora.

O evento foi aberto ao público, direcionando informações para profissionais e acadêmicos da área de psicologia, educação e saúde, diretores, supervisores pedagógicos e professores de escolas privadas e públicas do ensino infantil e fundamental, pais de alunos matriculados em escolas privadas e públicas do ensino infantil e fundamental, dentre outros.

Segundo a palestrante Renata Nunes, “trazer a discussão de um tema tão atual é uma maneira de formar cidadãos mais compreensíveis quanto a um tema que deve ser sempre discutido. Não há um padrão de como devem ser os membros de uma família e, por isso, devemos trabalhar na orientação e na formação para que tenhamos profissionais preparados para o mercado de trabalho e para os desafios que este mercado traz”, destacou.

Além da abordagem, os alunos puderam prestigiar apresentações de dança e de canto. Para a acadêmica do 7º período do curso, Cassia Lorena Ribeiro, a discussão acrescentou muito conhecimento a todos que participaram do evento. Segundo ela, a temática mostrou uma nova visão a respeito de diversas questões relacionadas às responsabilidades da família e escola quanto à formação de indivíduos. “Acredito que o Colóquio trouxe a discussão de um tema muito bem elaborado, interessante e que levanta um debate importante acerca das responsabilidades a serem atribuídas à família e à escola, além de nos levar a refletir sobre o compartilhamento destas responsabilidades. Durante as discussões, ficou claro como a união família e escola é importante para a educação e, sobre a fundamental participação de um psicólogo no ambiente escolar para ouvir e observar e, juntamente com gestores e professores, elaborar as melhores práticas para cada criança ou adolescente”, concluiu a estudante.

Enviar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *