A Comissão Própria de Avaliação – CPA, em parceria com a coordenação de Psicologia Fasi promoveu, na terça-feira (30), palestra com o tema: Liderança e capacidade para resolver problemas, ministrada pelo docente Jud-Van Cardoso Oliveira. A palestra, especialmente preparada para os acadêmicos líderes de turmas e membros do Núcleo Acadêmico Estruturante (NAE), objetivou a discussão e capacitação dos estudantes enquanto representantes para a mediação e resolução de eventuais conflitos.

Durante o encontro, foram apresentados estilos de liderança ressaltando sobre a postura adequada que o representante precisa buscar no seu papel de líder. Segundo Jud Van Cardoso, “diante dos conflitos que surgem no dia a dia, os representantes precisam adotar medidas que sejam soluções para os problemas. O verdadeiro líder é aquele que faz o uso de ferramentas para mediar e resolver debates”, afirma.

A diretora da Faculdade de Saúde Ibituruna – Fasi, Sabrina Gonçalves, explica como o surgiu o Núcleo Acadêmico Estruturante (NAE), “o NAE nasceu a partir de análise da CPA, que percebeu a necessidade de aproximação e interação da faculdade com os representantes de turma, que juntos compõem o núcleo. A partir de reuniões sistemáticas com as coordenações de curso e direção podemos ouvir estes representantes que trazem as demandas das turmas e levam as devolutivas para seus colegas” conta.

As coordenadoras do curso de Psicologia Fasi, Laura Lilian e Francely Aparecida, reforçam a importância da palestra. “É uma oportunidade que agrega conhecimento e capacita o acadêmico que assume a responsabilidade de representar sua turma. Do mesmo modo que proporciona reflexão e autoconhecimento sobre seu modo pessoal de liderar pessoas e equipes. Assim, desenvolvendo competências que complementam sua formação acadêmica e profissional”, relatam.

A acadêmica do 5° período de Psicologia, Lediane Pereira, considerou importante seu papel no NAE. “Estou satisfeita pela forma de aprendizagem adquirida sobre como lidar com alguns problemas que surgem na turma e as dificuldades na comunicação com os outros colegas. Acredito que ajudará muito nessa interação”, conclui.

Wallace Borges

Enviar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *