A Funorte (através das unidades JK, São Norberto, São Luís e Amazonas) e Fasi promoveram nesta segunda-feira, 06, acolhimento para os acadêmicos calouros e veteranos na volta às aulas com música, bombons, pipoca e apresentação musical com saxofonistas.

Depois de aproximadamente 46 dias de férias, a faculdade recepcionou os que ainda continuam a trilhar o caminho da graduação com o objetivo de incentivar a integração entre os mesmos.

Para muitos esse foi o primeiro contato com o ensino superior, já para outros, foi o retorno do período de descanso, mas independente da categorização, ambos afirmam que uma boa recepção faz toda a diferença. “Quando se é bem recebido em lugar, aflora a vontade de voltar. E para os calouros isso é muito importante, principalmente porque muitos moram longe dos pais devido aos estudos. É muito bom se sentir seguro na faculdade, saber que se pode contar com o ambiente em que passaremos boa parte do tempo. Digo isso, pois já fui caloura um dia!”, ratifica Larissa Natany Fernandes da Costa, estudante do quarto período de Enfermagem Fasi.

Mayounara Soares Barbosa trabalha no secretariado de cursos e foi uma das responsáveis pelo acolhimento. Segundo ela a reação dos alunos foi das melhores possíveis. “A intenção foi mostrar a importância que os alunos têm neste ambiente. Como instituição de ensino, mostramos aos alunos que colhemos o que plantamos, portanto, procuramos sempre oferecer o melhor aos alunos, para obtermos os melhores resultados no decorrer do semestre.”

Kevin Colares, acadêmico do 2º período de Direito, ressaltou que sempre foi muito bem acolhido desde que entrou na faculdade. “Minha experiência como calouro foi ótima, fui bem recebido pelos veteranos que nos ajudaram a conhecer os professores e a própria instituição e os funcionários da Funorte nos auxiliaram no processo de adaptação de entrada na faculdade”, finalizou o aluno.

A assistente de departamento pessoal do campus JK, Denise Ribeiro, que participou da recepção, explica que o objetivo é demonstrar para os acadêmicos a importância que eles têm para a instituição. ”É a nossa maneira de aproximar e interagir com aqueles que dão o sentido ao nosso trabalho.   Além disso, é uma gentileza, é um modo de mostrar que todos fazem parte de uma grande família que volta a sua rotina diária de aprendizado e colaboração, pois às vezes um simples sorriso ou abraço pode transformar vidas”, afirma.

Para a acadêmica do curso de Medicina, Ana Carolina Lopes Martins esta iniciativa aproxima os alunos cada vez mais da instituição. “Assim como eu, vários estudantes são de outra cidade e este carinho da faculdade serve de apoio, para que possamos enfrentar todos os desafios. E mesmo os que são daqui descobrem aqui, uma segunda família, tendo em vista que todos nós passamos um bom tempo aqui”, disse.

Já para a acadêmica de Psicologia Funorte, Déborah Cristiny, esta recepção serviu para mostrar o cuidado que os funcionários têm com as pessoas. ”É muito importante, pois mostra a atenção que eles têm com alunos, pois ninguém esperava que seríamos recebidos desta forma”, concluiu.

Enviar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *