Estudantes do 10º período do curso de Fisioterapia participaram, no dia 03 de dezembro, de Feira de Empreendedorismo, atividade que fez parte da programação da disciplina Gestão em Fisioterapia, ministrada pelo docente Marcus Caldeira.

Segundo o docente, o intuito do trabalho foi desenvolver o comportamento empreendedor dos estudantes e estimular a geração de negócios e inovação na área do curso de Fisioterapia. Ele cita que, “o incentivo é realizado a partir do estudo de problemas e necessidades de indivíduos e organizações que poderão se configurar em tendências. O Fisioterapeuta Empreendedor poderá transformar os problemas da humanidade em oportunidades de negócios, por meio do desenvolvimento de soluções em forma de produtos e serviços inovadores”, frisou.

Uma Banca Avaliadora, composta por coordenação e professores do curso de Fisioterapia, analisou as propostas e as apresentações dos projetos. Dentre os quesitos avaliados estiveram: criatividade e grau de inovação do produto, nível de modelagem do negócio, preparação e recursos para apresentação, integração e postura profissional da equipe e apresentação oral.

Integrante da banca avaliadora, a docente Daylane Alkmim Lima, destaca a importância que a Feira tem no desenvolvimento e preparação do aluno para o mercado de trabalho. “Acredito que esse trabalho é muito importante para os acadêmicos, pois proporciona que tenham uma visão do próprio negócio ou do mercado de trabalho. Além de ser uma oportunidade para o aluno pensar em novos negócios, criados por eles, usando criatividade e tecnologia e, claro, a promoção da saúde por meio da Fisioterapia”, frisou a docente.

Durante a feira, tiveram 11 projetos apresentados. São eles:

– Fisio Móvel: negócio de impacto social voltado para o atendimento itinerante de serviços de Fisioterapia em comunidades carentes;

– Norte Fisio: Um portal de conteúdo e negócios para profissionais da Fisioterapia;

– Squad Fisio: Produtos de Fisioterapia adaptados para o público idoso;

– Better Posture: Aplicativo para educação postural;

– Kit Terapêutico: produtos pedagógicos e terapêuticos voltados para tratamento de crianças com alterações neurológicas;

– Pront&C: sistema informatizado de prontuário fisioterápico;

– Easy Fisio: Aplicativo para agendamento de profissionais da Fisioterapia;

– Atendimento especializado para pacientes com transtornos mentais: qualificação para profissionais da Fisioterapia;

– Quality Life: Aplicativo que tem como objetivo prevenir e reduzir os impactos à saúde decorrentes do tempo prolongado do uso de smartphones;

– Global Physioterapy: programas de Fisioterapia para praticantes de atividades físicas de alto impacto, como o Cross-Fit;

– Preventive Sandals: sandália ortopédica e antiderrapante para idosos.

Após as considerações da banca, as equipes foram premiadas com troféu e medalhas. A equipe que apresentou o projeto Better Posture foi classificada em primeiro lugar; Pront&C foi premiada em segundo e, em terceiro, a equipe do projeto Norte Fisio.

Segundo o professor Marcus, os trabalhos alcançaram o objetivo proposto pela disciplina. “O intuito da atividade proposta pela disciplina foi alcançado plenamente, considerando o grau de aprendizagem e entusiasmo demonstrado pelos estudantes durante as apresentações dos projetos. A expectativa é que os estudantes sejam sensibilizados pela experiência e que possam levar as novas competências desenvolvidas para a carreira, negócios e para a vida”, elogiou o docente.

Enviar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *