A Fonoaudiologia é área da saúde que trabalha com os diferentes aspectos da comunicação humana; desde linguagem oral e escrita até a fala, voz e audição; e com funções responsáveis pela deglutição, respiração e mastigação. O profissional desenvolve atividades voltadas à promoção da saúde, prevenção, orientação, avaliação, diagnóstico, entre outras.

Tahiana Ferreira Freitas, 23 anos, é natural da cidade de Jordânia-MG e, em 2016, graduou-se em Fonoaudiologia pela Funorte. Hoje, no exercício da profissão, ela ressalta porque escolheu a graduação e sobre a qualidade de ensino da Funorte.

“Optei pelo curso de Fonoaudiologia, por ser uma profissão com amplo mercado de trabalho. Além disso, a escolha pela instituição foi pelo fato da Funorte ter uma qualidade excelente de ensino”, frisou a graduada.

Atualmente, Tahiana trabalha em duas prefeituras no vale do Jequitinhonha, como fonoaudióloga clínica na cidade de Jordânia MG, e fonoaudióloga no Núcleo Ampliado de Saúde da Família (NASF – AB) na cidade de Bandeira – MG. Ela destaca a importância que a graduação teve para que alcançasse sucesso no mercado de trabalho. “Durante a graduação, obtivemos muito conhecimento científico, bem como aprendemos a lidar com os asseios e expectativas que eram depositados em cada atendimento e contamos, ainda, com um mercado de trabalho promissor para o fonoaudiólogo”, destacou.

Apesar do amplo mercado, Tahiana ressalta o maior desafio do profissional. “Acredito que o maior desafio, seja a falta de informação da população a cerca do papel do Fonoaudiólogo e as áreas em que atua”, frisou a fonoaudióloga.

A egressa fala, ainda, sobre o aprendizado e as amizades adquiridas no período da graduação. “Que saudade! Uma época que ficará marcada pra sempre na memória e no coração. Excelentes aulas que a cada dia nos levava mais próximo da realização do nosso sonho, grupos de estudo na biblioteca da Fasi, que antecediam nossa ansiedade na véspera de cada avaliação, e as comemorações nos corredores da faculdade após o final do semestre. Seguiram-se os anos, e a fase magnífica chegou: os estágios. Eram longos dias na Clínica Escola do Amazonas, dividíamos nossas angústias, nossos medos, mas com muito companheirismo e com a supervisão de excelentes mestres, conseguimos concluir a nossa graduação, com a indescritível sensação de dever comprido”, destaca Tahiana.

Ela finaliza destacando os planos para seu futuro profissional. “Meu desejo é me aperfeiçoar cada dia mais, para que eu possa oferecer sempre o melhor atendimento possível aos meus pacientes”, conclui a fonoaudióloga.

Enviar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *