Engenheiro civil é aquele profissional responsável em desenhar, projetar e concretizar construções sejam residências ou prédios comerciais. A profissão é uma das principais responsáveis pela segurança de um projeto.

Egressa da Funorte, Mariana Pereira Alves, 26 anos, natural de Montes Claros, graduou-se em Engenharia Civil, em 2017. Ela relata os motivos que a fizeram escolher a instituição para estudar. “Quando decidi fazer o curso de Engenharia Civil, a Funorte era muito conceituada na cidade de Montes Claros. Acredito que o ensino é referência, uma vez que, formaram grandes profissionais com quem tive oportunidade de trabalhar”, diz.

Segundo Mariana, o curso influencia para o sucesso no mercado de trabalho de acordo com a dedicação que o acadêmico tem de se um bom profissional.  Desse modo, ela contou quais foram os maiores desafios que encontrou após a graduação. “O mercado para o engenheiro civil está muito restrito, devido a saturação de profissionais, a economia do país, entre outros fatores. Assim, os acadêmicos e engenheiros têm que se moldarem ao novo mercado, sendo mais abertos e dinâmicos”, explicou.

Do período de graduação, Mariana guarda boas lembranças. Dentre elas, “os grandes amigos que fiz na Funorte, o tempo que estudei foi a maior contribuição que chegou à minha vida”. Ela ainda contou: “Gostaria de ter mais oportunidades de trabalho, podendo exercer com qualidade a minha profissão, sempre com ética e cada vez mais  qualificada”, concluiu a engenheira civil.

Enviar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *