Egressa do curso de Enfermagem da Funorte: Juliana Andrade Pereira é especialista em Saúde da Família, Didática e Metodologia Científica do Ensino Superior pela Universidade Estadual de Montes Claros – Unimontes, possui pós-graduação em Urgência e Emergência pela Funorte e é pós-graduanda em Informática em Saúde – Unifesp.

Na entrevista a seguir, a enfermeira fala sobre a escolha pela Funorte e suas expectativas em relação a profissão.

Por que escolheu a nossa instituição para formação?

Vários fatores influenciaram na escolha até a decisão de estudar nesta instituição de ensino superior. O primeiro ponto é que a Funorte apresenta um bom conceito pelo MEC, sendo assim, a instituição dispõe de uma grande estrutura e suporte aos acadêmicos, conta com professores altamente capacitados e renomados, também incentiva os alunos na parte científica. O ensino tem uma excelente qualidade, que foi fundamental para a minha formação. A faculdade possui excelentes mestre com notável saber na área, além de ótimos espaços para realização dos estágios, tanto curricular com extracurricular.

O que colocou como prioridade durante seus estudos?

Durantes a graduação coloquei com prioridade os estudos e sempre tive o desejo de ir além. Então, desde o segundo período, comecei a participar de eventos científicos com apresentação de trabalhos com apoio dos professores, pois, já pensava desde a faculdade em fazer mestrado e doutorado. O estudo durante os quatro anos de faculdade foi a minha prioridade.

Por que escolheu o curso de Enfermagem?

A escolha deste curso foi devido a sua prática ser bem desafiadora. Diariamente, nós enfermeiros vamos enfrentar diversas situações complexas inerentes a condição humana. Como a enfermagem tem um contato maior com o paciente, temos que saber um pouco de cada área, além de termos um leque grande de assistência e docência também.

A Funorte deste quando era acadêmica me proporcionou muitas conquistas através de incentivos que a mesma proporciona aos seus alunos na pesquisa, mesmo após terem formando. Continuo tendo uma admiração pela faculdade, pois ela nos dá oportunidade de sermos avaliadores e coorientadores em banca de trabalho de conclusão de curso.

Como foi saber do seu destaque no curso?

Foi muito gratificante graças a Deus. É muito importante quando o seu esforço é reconhecido. Deixei meus pais e meus irmãos orgulhosos.

O que pretende fazer após a sua formação?

Após o término do mestrado na Universidade Federal do Vale do Jequitinhonha e Mucuri  pretendo fazer o doutorado e sempre buscar novos conhecimentos na área da docência e da assistência também.

Quais pontos positivos do curso oferecido pela instituição?

A Funorte é uma faculdade que conta com vários pontos positivo com um corpo docente muito competente, com professores como Tadeu Nunes , que foi o primeiro a me apresentar a pesquisa científica e me mostrou como a mesma poderia ser gratificante e útil para a melhoria da qualidade de vida das pessoas. Sou imensamente grata pelos ensinamentos e inspirações em pesquisa que tive o privilégio de presenciar nessa instituição. Os estágios curriculares nas Estratégias de Saúde da Família, os eventos científicos que a Funorte proporciona aos seus alunos, aos grupos de extensão que sempre têm algo novo para os acadêmicos realizarem junto a comunidade em sua ações, a interação dos cursos em ações comunitárias, etc.

O que dizer para a instituição?

Gostaria de agradecer a instituição por todo o incentivo que dão aos alunos na formação científica. Pelo vínculo que a instituição continua tendo com os seus egressos dando oportunidade aos mesmos. E pela parceria e abertura que dão aos profissionais quando voltam a faculdade para realizar algo.

Comente sobre as suas expectativas para o futuro.

Tenho como objetivo principal atuar na área da docência em uma das faculdades da cidade ou quem sabe até mesmo aqui na Funorte que é um dos meus sonhos e assim contribuir com os meus novos conhecimentos adquiridos.

Explique o que te motivou a tentar o mestrado?

Estou vivenciando uma mistura de emoções: felicidade pelas aprovações, confiança no meu potencial, enquanto profissional. Já fico imaginando até o doutorado que é meu próximo passo. Além disso, deixei meus pais orgulhosos.

Qual seu campo de atuação atual?

No momento estou  atuando na docência, mais estou aberta para atuar em qualquer área que as minhas especializações permitirem.

Qual a influência dos seus pais na sua formação?

Os meus pais sempre me influenciam muito a ter um bom estudo, sempre fizeram de tudo para que eu pudesse ter uma boa educação e formação acadêmica. Eles deixaram-me livre para escolher a minha profissão é qual curso fazer. Eu só tenho a agradecer aos meus pais por todo empenho e dedicação na minha formação.

 

Enviar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *