• Person with a light bulb head standing out illustration

Foi realizado, no campus JK da Funorte, palestra direcionada aos líderes de turma dos cursos com o objetivo de discutir novas tecnologias, novos mercados de trabalhos, novas profissões e criatividade. No episódio, o coordenador do Centro de Empreendedorismo e Inovação – CEI, Bruno Garcia, ministrou discussão sobre o futuro de algumas profissões e a importância de empreender em mercados inovadores.

Segundo Bruno, “o objetivo da palestra foi despertar nos estudantes uma visão de que o mundo está mudando e que existem novas tecnologias competindo com os mercados. Então, com base nessa dinâmica, ressaltei que eles precisam se adaptarem a estas tecnologias e saber quais são as previsões para o futuro para que, assim, estejam preparados para esta nova dinâmica”, frisou o coordenador do CEI.

Bruno destacou, também, qual deve ser o perfil do acadêmico para que saiba lidar com estas inovações. “Os estudantes precisam buscar inovação, criatividade e pensar de forma diferente. Além disso, precisam saber resolver problemas, pois para fazer carreira é preciso sempre estar atualizado, ter uma graduação, saber lidar com o ambiente de trabalho e, principalmente, saber identificar oportunidades de mercado. Outro ponto é se preparar para as novas mudanças, pois sempre falamos que o mercado não vai aceitar pessoas com profissões medianas e, isto, agora, é real. Quem não se preparar, vai ser engolido por estes novos mercados, empresas e tecnologias”, citou.

O coordenador do CEI concluiu, ainda, que “algumas pessoas pensam que o mundo hoje é o mesmo de dez anos atrás e, ainda, estudantes de hoje acham que, quando se formarem, vão encontrar o mesmo mercado. Porém, o mundo de hoje não é mais o mesmo, assim como o de amanhã não será. Então, é importante implantar nos estudantes este desejo pelo novo, por inovação e novos mercados”, concluiu Bruno.

Enviar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *