Dentre os módulos da pós-graduação em Microbiologia Funorte está à disciplina em Parasitologia Humana, que tem o renomado professor Doutor, Cláudio Eduardo Silva Freitas, que é Zootecnista formado pela Universidade Federal de Minas Gerais, Mestre em Zootecnia na Universidade Estadual de Montes Claros e Doutor em Zootecnia na Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia.

O docente explica a importância de abordar o tema e de que forma o conteúdo vai agregar conhecimento. “O aparecimento e a instalação das diversas parasitoses vêm recebendo atenção renovada uma vez que, as deficiências e interferências que os parasitos causam ao organismo, somada a taxa de mortalidade resultante, caracterizam sua grande importância na saúde pública. Assim, temos a parasitologia – ciência que estuda os parasitas e as doenças parasitárias, seus métodos de diagnóstico e controle”, diz.

As dinâmicas, segundo o zootecnista, busca o modelo de aulas expositivas dialogadas com atividades práticas em laboratório. “Foram realizadas interações constantes com os alunos através de dinâmicas em grupo, apresentação de artigos científicos em que foram discutidas técnicas de diagnostico e medidas profiláticas, despertando o interesse dos alunos para pesquisas voltadas para doenças parasitárias de grande importância em saúde pública. No módulo também tivemos aula prática no laboratório de parasitologia do ICA-UFMG, onde foram realizadas práticas laboratoriais de parasitologia, utilização de equipamentos de laboratório de Microscopia e Parasitologia e técnica de concentração e contagem de parasitos”, afirma Cláudio.

Para concluir, Cláudio Eduardo, afirma que a proposta do curso segue com o objetivo de promover o acesso do profissional às diversas opções aplicadas ampliando, literalmente, seu leque de visão. “O estudo dessa disciplina abre novos rumos da pesquisa, que vão desde novas estratégias terapêuticas, novos métodos diagnósticos até o desenvolvimento de vacinas mais eficazes com intuito de erradicação das doenças”, finaliza.

Cassiano Veloso

 

Enviar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *