Entre os meses de dezembro e março é exigido maior cuidado da população em relação aos acidentes com escorpiões, já que o clima úmido e quente é considerado ideal para o aparecimento deste tipo de animal peçonhento, que se abriga em esgotos e entulhos.

Segundo a Secretaria de Estado de Saúde (SES), Montes Claros é a cidade mineira com maiores registros de vítimas. Por ser um dos municípios mais quentes do estado, com máximas que podem chegar a 39ºC, foram confirmadas 136 pessoas picadas nos primeiros 36 dias do ano. Em 2018, foram 2.728 ocorrências.

A docente do curso de Enfermagem Fasi, Daniela Leão explica quais são os perigos da picada do escorpião. “Acidentes com escorpiões podem levar a morte, principalmente em menores de 14 anos. Porém, vale ressaltar que os escorpiões não agridem o homem intencionalmente; ele pica apenas quando é molestado, para se defender, ou seja, quando alguém encosta-se a ele”, ressalta.

Segundo ela, “a picada geralmente causa poucos sintomas, como vermelhidão e inchaço no local da picada e dor que se espalha por todo o membro. Porém, alguns casos podem ser mais graves, causando sintomas generalizados, como enjoo, vômitos, dor de cabeça, espasmos musculares, alterações no sistema cardíaco e respiratório, podendo levar o paciente a óbito”, diz a docente.

Nestes casos, Daniela destaca que é imprescindível procurar um serviço de saúde. “Lave o local da picada com água e sabão e leve a pessoa imediatamente ao serviço de saúde para que sejam tomadas as medidas necessárias e avaliar se há a necessidade da aplicação do soro antiescorpiônico”, frisa.

A coordenadora alerta que “os escorpiões são animais de hábitos noturnos e passam grande parte do seu tempo escondidos da luz, de preferência em locais com abundância de presas (baratas, grilos, cupins e os invertebrados em geral)”, conclui.

Para se prevenir, ela dá dicas de alguns cuidados que devem ser seguidos, como: manter limpos lotes e quintais, não acumulando lixos e entulhos; não acumular lenha ou restos de madeiras e matérias de construções ou outros materiais que possam servir de abrigo para os escorpiões; colocar o lixo em sacos plásticos fechados, para evitar baratas e outros insetos, que podem atrair os escorpiões; manter camas e berços afastados das paredes, bem como não deixar as roupas de cama encostadas no chão; entre outros.

Enviar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *