A preocupação com o meio ambiente é uma questão que tem ganhado atenção e discussões pelo mundo. O mais indicado é saber utilizar os materiais naturais sem prejudicar as futuras gerações, este é o conceito de sustentabilidade.

Pensando nisso, no campus JK, a equipe de manutenção e limpeza desenvolveu uma vassoura natural, que dura até uma semana. Eles aproveitam os galhos que caem da árvores para confeccioná-la. De acordo com Maria Luíza, coordenadora dos serviços gerais, a ideia inicial era utilizar uma vassoura feita de palha, mas a equipe não se adequou. “A vassoura de palha não teve muita aceitação, além de ser dura o tamanho era ruim. Então eles tiveram a ideia de produzir a própria vassoura, eles utilizam os galhos que caem e podam as árvores de modo que não as prejudiquem e utilizam para confeccionar o material de trabalho”, explica.

Alexandre Borges é da equipe de Manutenção. Ele conta que a vassoura agradou todos os colegas de trabalho. “A vassoura é boa pelo tamanho e rende muito maiso serviço . Depois que não dá para usar, os galhos que utilizamos nela, devolvemos para a natureza e servem até para adubo”, ressalta.

Existem materiais de trabalho que agridem ao meio ambiente, como é o exemplo do soprador, que causa poluição com a fumaça. “Nossa iniciativa é muito legal porque é uma forma de não prejudicar a natureza e as pessoas. A necessidade do campus nos fez ter essa ideia, um soprador poluiria mais e não resolveria o que precisamos, além disso, tiraria o trabalho manual dos nossos colegas. O que usamos para confeccionar a vassoura, nós devolvemos depois para a natureza”, frisa, Alexandre.

Diretor Administrativo, Ivonei Trezena, elogia a iniciativa. “Além de reduzir o custo com a aquisição de vassouras, os resultados na limpeza são fantásticos. Não produzem poeiras e não danificam as superfícies”, parabeniza e finaliza.

Mariana Correia

Enviar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *