Natural de Montes Claros, Sueli dos Reis Nobre Ferreira está de volta a Funorte e ao campus JK, atuando na diretoria acadêmica juntamente com Thalita Pimentel. A pedagoga que possui especialização em Psicopedagogia e Educação a Distância trabalhou na rede Soebras ao longo de 11 anos. Na entrevista a seguir, ela fala sobre esta nova etapa da carreira e dos desafios e perspectivas futuras.

Quais atividades que desenvolve como diretora acadêmica?

Dirigir as atividades acadêmicas, planejando, acompanhando e monitorando a execução dos trabalhos e avaliando os resultados dos órgãos que compõem a estrutura acadêmica da IES.

Quais os maiores desafios em dirigir uma instituição de ensino como a Funorte?

Contribuir de maneira efetiva para o desenvolvimento de um sistema sólido de ensino que seja capaz de imprimir de forma efetiva a qualidade do ensino superior, oferecido pela IES

Qual a importância da Funorte para você?

Um espaço de trabalho onde consigo desenvolver profissionalmente além de contribuir para a execução

Como analisa o cenário da educação no Brasil atual?

A educação superior no Brasil hoje, apresenta um cenário que precisa ser bem analisado. Por um lado, podemos reconhecer avanços significativos, por outro lado, ainda temos problemas que precisam ser enfrentados com urgência para que o país consiga atingir o crescimento a que se propõe. Ao falarmos de avanços, portanto, não podemos esquecer que eles trazem consigo a obrigação de readequação de visão sobre o assunto, atualizações profissionais e, principalmente, um novo comportamento dos principais atores envolvidos: governo, instituições de ensino, professores, alunos e mercado de trabalho.

Qual o diferencial da Funorte?

A Funorte é uma instituição que tem uma marca forte aqui em Montes Claros e em todo o Norte de Minas. Ela contribui de maneira efetiva com a população, transformando a vida das pessoas na medida em que cria possibilidades para que estas pessoas cursem o ensino superior. É uma instituição onde todos podem estudar.

Como foi a experiência de atuar como Secretária de Educação de Montes Claros?

Foi muito gratificante dar a nossa contribuição com a educação das crianças do nosso município. Foi uma tarefa desafiadora, exigente, mas acima de tudo prazerosa e gratificante. Além da formação técnica foi um desafio que exigiu capacidade de formulação e gestão das políticas públicas educacionais e também uma gestão arrojada dos recursos públicos destinados ao financiamento da educação municipal, o que nos garantiu uma gestão com ótimos resultados.

Esta experiência te ajuda de alguma forma na Funorte?

Toda experiência leva ao amadurecimento e, consequentemente, ao crescimento profissional e esta é uma bagagem que trago para esta nova tarefa que tenho hoje aqui na Funorte.

Como analisa o papel da mulher atualmente?

A mulher de hoje tem uma maior autonomia, liberdade de expressão, bem como emancipou, suas ideias e posicionamentos em outros tempos sufocados. Em outras palavras, a mulher do século XXI deixou de ser coadjuvante para assumir um lugar diferente na sociedade, com novas liberdades, possibilidades e responsabilidades, dando voz ativa a seu senso crítico.

Gabriel Mota

Enviar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *