Criado há dois meses, o Laboratório de Fenômenos de Transporte e Hidraúlica, do campus JK, tem como função complementar o estudo teórico visto em sala de aula. Outro objetivo do laboratório é atender as diversas Engenharias na prática das disciplinas Hidráulica e Fenômenos de Transporte.

Diretor das Engenharias, Pedro Almeida, ressalta a importância do laboratório nas práticas dos cursos. “Com este laboratório de tecnologia de ponta o ensino será contextualizado com diferentes práticas, enriquecendo a gama de possibilidades de pesquisa e dos trabalhos de conclusão de curso, incentivando, portanto, o acadêmico construir uma aprendizagem significativa”, frisa.

As práticas realizadas são diversas. Dentre elas: Bancada de Fluidização; Bancada de Bombas Centrífugas; Bancada de Descarga Livre de Tanque; Bancada de Medidores de Vazão; Experimento de Reynolds-Regimes de Escoamentos em Tubulação. Bancada de Hidráulica e Canal de Escoamento Aberto-Multipropósito.

De acordo com o coordenador de Engenharia Civil, Armando Macêdo, o laboratório é uma ferramenta para a assimilação do que é estudado em sala de aula. “O aluno tem a possibilidade de assimilar o conteúdo teórico, através da experiência praticada no ambiente próprio, com efeitos simulados com auxílio de equipamentos de alta performance e de última geração”, ressalta.

Sobre a aceitação dos alunos, a opinião é unânime, os acadêmicos se entusiasmaram. “Os estudantes aceitaram de maneira intensa e positiva, as inovações tecnológicas oferecidas através das aulas práticas, tendo ficado animados com a nova dinâmica acadêmica”, afirma Armando.

Acadêmico de Engenharia Civil, Neto Albuquerque, elogia a estrutura. “O laboratório ficou muito legal e motivador. Ter um ambiente para a prática da teoria é muito importante. Saímos da faculdade com a certeza que estamos aptos para o mercado de trabalho”, elogia e finaliza.

Mariana Correia

Enviar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *