Acadêmicos do 4° período de Gastronomia participaram nesta segunda-feira, 03, na sala Ray Colares, Campus JK, de aula inaugural da disciplina PIM – Projeto Integrador Multidisciplinar. Ministrada pelo professor Marcus Caldeira, a disciplina que é divida em dois módulos (PIM I – Estudo de Mercado para alunos do 4° período e PIM II – Plano de Negócios para acadêmicos do 5° período), tem como ementa o desenvolvimento e idealização de uma empresa no segmento de A e B para a qual, neste primeiro momento, se fará o estudo de mercado como embasamento multidisciplinar. Busca-se ainda, a criação de um conceito e fundamentação teórica no intuito de estudar a viabilidade mercadológica da empresa idealizada.

Segundo Marcus Caldeira, a aula inaugural busca promover a integração de professores e alunos do curso de Gastronomia e apresentar o programa da disciplina PIM – Projeto Integrador Multidisciplinar. “A disciplina tem uma grande importância porque visa conhecer e internalizar a metodologia do Plano de Negócios para a concepção, planejamento e implantação de projetos acadêmicos na área de Gastronomia. Trata-se de um estudo de viabilidade desenvolvido em duas etapas: o estudo de mercado (PIM I – 4º período) e o Plano de Negócios (PIM II – 5º período)”, diz o docente que completa: “a partir desses conhecimentos, os alunos estarão aptos a empreender na área do curso e desenvolver o projeto do negócio próprio, além de contar com uma qualificação profissional voltada para a formação de um perfil arrojado e preparado para os desafios do mercado de trabalho”.

Além de apresentar o plano curricular da disciplina, o docente mostrou aos acadêmicos um vídeo com Renato Ramos, empreendedor do ramo gastronômico, que incentivou os alunos a buscarem a capacidade de mudar ou complementar o que já existe no mercado, ou seja, inovar para alcançar o caminho do sucesso.

O professor Alexandre Sacchetto, que ministra o PIM II, enalteceu a relevância desta disciplina para a formação dos acadêmicos. “Nosso papel como professores através do PIM é transformar os sonhos e as ideias de vocês em realidade”, diz.

Ele conduziu ainda, uma mesa de discussão com três egressos do curso de Gastronomia, que começaram a idealizar seus projetos nesta disciplina e, hoje, são donos do próprio negócio. São eles: Hamilton Borges Leite, Ronaldo Fagundes Gusmão,  Alexa Campos Ruas. Eles contaram um pouco de suas histórias, como optaram por este ramo, suas expectativas e experiências, tanto positivas quanto negativas para seus estabelecimentos.

Alexa Campos é proprietária de um estabelecimento que comercializa comidas saudáveis sem glúten e sem lactose. Ela, que tem outros cursos superiores, afirma que se encontrou no ramo alimentício. “Queria fazer Medicina, mas, quando soube que a Funorte tinha o curso de Gastronomia resolvi fazer. Passei em 1° lugar e me apaixonei. Não me arrependo em nenhum momento. Hoje, sinto-me realizada. Meu negócio já tem seis meses e, desde o início, consigo pagar minhas próprias contas”, conta Alexa.

Após o debate sobre os empreendimentos, os acadêmicos, professores e convidados participaram de coquetel de confraternização.

Enviar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *