Egresso do curso de Medicina Veterinária Funorte, Igor Aragão Fonseca, acaba de ser aprovado na residência em Anestesiologia, Clínica e Cirurgia de equinos, no Hospital de Cavalos CLINILAB, localizado em Salvador – BA. Natural de Montes Claros, Igor, 23 anos, concluiu a graduação no segundo semestre de 2018. As expectativas para esta jornada são grandes, tendo em vista que além de ser um universo relativamente novo, o egresso começará este desafio longe de casa. A residência terá duração de 1 ano e terá como base a anestesiologia, clínica e cirurgia de grandes animais.

Ao relembrar o início da sua trajetória de ensino, Igor conta que a escolha pelo curso da Funorte deu-se por um conjunto de fatores. “Como resido em Montes Claros e a instituição oferece o curso de Medicina Veterinária com excelentes referências e nota 4 no MEC, me ingressei na mesma por meio do vestibular. A credibilidade da Funorte ajudou muito na minha escolha”, pontua o médico veterinário que ainda explica de onde surgiu a paixão pela profissão: “desde pequeno, a partir de influência da minha família, o convívio com os animais era intenso e isso despertou em mim o amor pela medicina veterinária”.

Dos cinco anos que cursou a graduação, o egresso guarda boas lembranças de tudo que viveu. “Guardo muitas recordações enquanto acadêmico que vão desde as aulas teóricas e práticas até o Hospital Veterinário. Foram momentos de muito aprendizado junto aos médicos da Clínica e Cirurgia de Grandes Animais (Dra. Viviane Gomes, Dra. Poliana Botelo e Dr. Pedro Lage). Os ensinamentos que obtive através deles foram fundamentais para o meu estágio extra curricular e ingresso na residência”, fala.

Ainda em relação ao estágio que realizou no Hospital Veterinário Renato Andrade, Igor afirma que período foi de muito conhecimento, pois conseguiu viver na prática o que era passado nas aulas teóricas. “O que diferencia o Hospital Veterinário, são as oportunidades que ele proporcionou para o meu crescimento profissional, no qual pude participar ativamente na parte clínica, de cirurgia e, principalmente, na anestesiologia”, pontua o egresso que completa dizendo sobre a participação da Funorte neste momento da sua vida: “as oportunidades que a Funorte me proporcionou, as experiências obtidas no hospital, além de todo o conhecimento teórico, foram de fundamental ajuda e formação na minha aprovação no processo de residência”.

Para o professor do curso de Medicina Veterinária e coordenador do Hospital Veterinário, Lucas Soares, o hospital é o principal laboratório para os alunos do curso, pois é nele que são desenvolvidas a maior parte das atividades práticas do curso. “É aqui que o aluno vivencia e coloca em prática o conhecimento teórico adquirido em sala de aula, nos estudos e em eventos científicos”, diz.

Em relação a conquista do ex-aluno, Lucas afirma que mostra a qualidade do ensino da Funorte. “A aprovação do egresso em um programa de residência e aprimoramento profissional concorrido como este mostra que estamos no caminho certo. O resultado evidência a qualidade do ensino ofertado pela Funorte e pelo Hospital Veterinário aos alunos da graduação em Medicina Veterinária. Destaco também o mérito do aluno, o Igor sempre foi um aluno dedicado e comprometido e que soube aproveitar todas as oportunidades oferecidas pela instituição”.

Expectativas Residência

Para Igor, este é um momento ímpar na sua trajetória. “Esta residência, além da importância é reflexo de um trabalho e esforço. É a vitória e conquista de mais um etapa em minha vida profissional”, conjectura. Ele diz que considera a profissão que escolheu uma dádiva. “Ser médico veterinário é trabalhar todos os dias com amor, dedicação e paciência”, conceitua o egresso.

Para chegar até a aprovação, o caminho não foi fácil. “Foi um processo muito difícil, pois tive que dividir meu tempo entre estudar e o estágio na UFMG, onde tinha muitos plantões e não tive muito tempo para me dedicar apenas ao processo de residência. Mas o que me ajudou foram as experiência e estudos no meu tempo de faculdade”, explica.

Sobre as expectativas para esta especialização Igor fala que são as melhores possíveis, pois por meio desde projeto irá se capacitar mais e aumentar sua bagagem como médico veterinário.

Curso de Medicina Veterinária e Hospital Veterinário Renato Andrade

Fundamentado no ensino teórico e prático, o curso de Medicina Veterinária da Funorte visa a formação de profissionais aptos a aturem no campo da produção animal, reprodução, cirurgia, controle de doenças e saúde pública. O estudante é preparado para ser o profissional e cidadão ético, com o aprendizado baseado em aulas teóricas e práticas (práticas de campo e laboratório), sendo preparado para atuar em todo território nacional. A graduação tem duração de 5 anos e, atualmente é coordenada pelos profissionais: Daniel Ananias de Assis Pires e Raul Felipe Dornas. As aulas teóricas são realizadas no campus JK e a parte prática no Hospital Veterinário Renato Andrade, que é um dos grandes diferenciais do curso, já que possibilita que o acadêmico vivencie a teoria aliada a prática.

Os acadêmicos de todos os períodos, mas especificamente aqueles do 7º ao 10° período têm aulas práticas nas clínicas do hospital, que atende à demanda de pequenos e grandes animais, incluindo cirurgias, da cidade de Montes Claros e a região do Norte de Minas.

O Hospital Veterinário funciona de segunda a sexta-feira, de 08 às 17h para Clínica de pequenos animais e atendimento 24 horas para Clínica de Grandes Animais. Telefone para contato: 38 -3215-9859.

Fotos: Greiciely Rodrigues

Enviar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *