Uma das principais áreas de atuação do fisioterapeuta é em hospitais, em que o profissional tem o papel de prevenir e tratar complicações musculoesqueléticas, cardiorrespiratórias e neurológicas. Com esta formação, o fisioterapeuta fica apto a atuar tanto nas Unidades de Terapia Intensiva (UTI) quanto na área de internação.​​

Sâmara Soares Maciel, 22 anos, é egressa do curso de Fisioterapia Funorte e sempre sonhou em atuar em Fisioterapia Hospitalar. Atualmente, ela foi aprovada em duas residências, uma delas é a Residência em Urgência e Emergência no Hospital Infantil João Paulo II, onde ela optou por seguir.

A fisioterapeuta destaca que já iniciou a atividades e conta como se preparou para a aprovação. “Me preparei um mês após minha formatura e, a partir daí, estudei até a data da prova. Mantive uma rotina de 10 horas de estudo por dia, com um material que eu tinha e com ajuda de minhas professoras Ana Laura Leite e Marney, que contribuíram com o que puderam para enriquecer meus conhecimentos”, frisa a egressa.

Ela destaca também o que esta experiência representa para ela e de que forma irá contribuir para sua formação. “Residência, para mim, é um sonho, eu amo a área hospitalar/respiratória/ UTI. Acredito que esta experiência é a melhor forma de me engajar no mercado profissional com a maior competência possível”, comenta Sâmara.

Ela dá dicas, ainda, de como deve ser o perfil do profissional que deseja realizar uma residência. “Durante a graduação, as matérias são mais avançadas e complexas, então, precisamos nos dedicar em estudos individuais e com rotinas determinadas. Os estágios e participação em ligas acadêmicas é um diferencial para termos maior conhecimento”, explica a egressa.

Diante da conquista, Sâmara explica quais são seus planos para o futuro. “Pretendo trabalhar em um hospital na área de UTI, por qual sou apaixonada. Estou muito esperançosa para as oportunidades que virão após a residência”, concluiu a fisioterapeuta.

Enviar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *