A promoção de uma alimentação saudável na infância proporciona o bom crescimento e desenvolvimento da criança, além de prevenir problemas de saúde como a anemia por deficiência de ferro, obesidade, entre outros. Mas, durante o período de férias, os pais tem maior dificuldade em controlar as refeições das crianças e, em muitos casos, aumentam o consumo por doces, refrigerantes e guloseimas.

A nutricionista infantil Bruna Felício é diretora da Clínica Nutritional Care Saúde e Nutrição e docente dos cursos de Nutrição Fasi e Funorte. Ela ressalta a importância de cuidar dos hábitos alimentares na infância. “A alimentação saudável infantil promove a saúde, o crescimento, o desenvolvimento e previne problemas ainda na infância, como anemias, alergias alimentares, excesso de peso, colesterol elevado, bem como minimiza os problemas de saúde da vida adulta, como doenças cardíacas, diabetes e hipertensão arterial. A importância de uma alimentação equilibrada ao longo da vida é imprescindível, além da saúde, promove também o bem estar físico e intelectual do indivíduo. Também, a infância é o período de formação dos hábitos alimentares, os quais refletirão o comportamento alimentar na vida adulta”, destaca a nutricionista.

Em relação ao período de férias, em que as crianças extrapolam no consumo de guloseimas, ela dá algumas dicas para que os pais consigam controlar a alimentação dos filhos. “Em primeiro lugar, a família precisa manter os horários habituais de alimentação da criança, para que a rotina alimentar não seja perdida. Algumas dicas são: quando for fazer um passeio, buscar locais onde o cardápio permita escolhas alimentares mais saudáveis; para passeios em ambientes abertos, optar por levar os lanches preparados em casa. E aí vai outra dica importante, envolver as crianças no processo de aquisição e preparo dos alimentos, costuma ser um bom estímulo para que elas se sintam encorajadas a consumirem alimentos mais saudáveis; levar a criança a feiras livres e locais onde há a comercialização de alimentos naturais também pode ser um bom programa para passar o tempo e para ensiná-las um pouco mais sobre alimentação saudável”, aconselha Bruna.

Ela ressalta, ainda, que estimular a criança a se alimentar junto à família e nos horários da rotina fora do período de férias, é importante para evitar exageros. “Manter as refeições principais como o café da manhã, almoço, lanche da tarde e jantar, bem como estimular a criança a realizar as refeições sentadas à mesa e na companhia da família, são formas de conservar a rotina alimentar da criança, o que é de fundamental importância para uma alimentação sem exageros durante as férias. A falta de horário para as refeições pode ser o grande vilão no equilíbrio alimentar nesse período e perpetuar por um bom tempo após o reinício das aulas”, frisou a docente.

Outra dica da profissional é o uso de estratégias voltadas para a ingestão de alimentos saudáveis como frutas e alimentos integrais. Ela dá algumas sugestões de receitas para manter os bons hábitos durante as férias. São elas:

  • Smoothie de frutas: usar frutas e vegetais que tenham as cores preferidas da criança. Servir em copos diferentes, que possam chamar a atenção dela para experimentar o que está lá dentro. Pode ser um ótimo substituto para refrigerantes.
  • Bolo de “chocolate”: feito com cacau em pó (100% cacau) e uvas passas. A farinha de trigo branca pode ser substituída por farinha integral.
  • Geleia de morango com tâmaras (preferencialmente frutas orgânicas) sem açúcar: pode ser usada para recheio de rocambole, tapioca e bolo.
  • “Danette” de Chocolate: feito com abacate, cacau em pó, leite em pó e açúcar mascavo (pode ser uma ótima sobremesa de domingo).
  • A boa e velha pipoca feita em casa (com pouco sal) é uma excelente substituição para os salgadinhos de pacote.
  • Preferir o chocolate com maior teor de cacau, em detrimento de balas, pirulitos e doces, pode ser uma opção mais saudável.
  • Fazer mini pizza com pão sírio integral, recheio de frango e queijo magro, é uma ótima opção para deixar o lanche mais divertido.

Enviar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *