Formado em Zootecnia pela Universidade Federal de Minas Gerais, e com mestrado em Zootecnia na Universidade Estadual de Montes Claros, o zootecnista Cláudio Eduardo Silva Freitas encerrou o módulo ministrado por ele na pós-graduação em Microbiologia da Funorte. Ele, que atualmente trabalha com o pós-doutorado na UFMG, conta que a oportunidade de lecionar a aula surgiu quando ele fez uma palestra na pós-graduação de Microbiologia.

No módulo aplicado por Cláudio, foram realizadas interações entre alunos por meio de dinâmicas de grupo, apresentação de artigos científicos e, ainda, aulas práticas nos laboratórios de micologia do ICA-UFMG. O docente relatou como foi a programação de trabalhos feitos nos laboratórios. “Foram realizadas práticas laboratoriais como micro cultivos de fungos micelianos, técnicas de conservação de fungos micelianos e leveduriformes, identificação de fungos, biossegurança laboratorial, produção e quantificação de enzimas produzidas por fungos, produção de álcool utilizando fungos. Este módulo foi mais prático que teórico, em que todos os alunos tiveram a oportunidade de praticar e ver como os fungos podem ser utilizados nos diversos setores da indústria”, comentou o zootecnista.

Cláudio ressalta que “a Microbiologia é a uma área de importância muito relevante, pois a partir dela se controla doenças e pragas e, ainda, a produção de alimentos. Por isso, é muito importante que o acadêmico faça uma pós de microbiologia, já que Montes Claros se tornou um grande polo industrial, principalmente com as indústrias farmacêuticas”, destaca.

Ele finaliza ressaltando sobre a experiência de ministrar o módulo. “Foi incrível a receptividade dos alunos, eu me surpreendi com a garra que eles têm de aprender e compartilhar conhecimentos, são alunos que participam efetivamente das aulas”, finalizou Cláudio.

Enviar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *