Este o mês em que é celebrado o “Novembro Azul”, campanha destinada à conscientização e prevenção do Câncer da próstata. A próstata é o órgão masculino responsável pela produção do líquido da ejaculação. No Brasil, estima-se que um homem morre a cada 36 minutos, tendo como causa principal este câncer.

O docente do curso de Enfermagem Funorte, Henrique Andrade, explica que: “Tratar o câncer de próstata é extremamente possível, pois sabe-se quais são as estratégias de prevenção. E quando descoberto precocemente é completamente curável”. Henrique ressalta ainda que: “O exame preventivo do câncer da próstata, o teste digital prostático, deve ser realizado a partir dos 50 anos de idade, porém, em indivíduos que tenham caso positivo de câncer de próstata na família, devem adiantar em 10 anos, ou seja, aos 40 anos”.

O enfermeiro alerta que os sintomas da doença podem ser percebidos: “ao sentir uma dor frequente ao urinar, urina com jato fino, presença de sangue na urina e/ou no líquido espermático”, frisa. A principal prevenção é a adoção de hábitos de vida saudáveis como: prática de exercícios físicos regulares, alimentação equilibrada em sal e gordura.

Para o docente, o enfermeiro tem um papel fundamental nesta campanha, pois: “este profissional deve conscientizar a população masculina, por meio da educação em saúde, de que é importante prevenir o câncer de próstata e realizar, regularmente, os exames, pois essa é uma das principais causas de morte de homens, muito por causa do preconceito em relação ao toque retal, que é um exame rápido e que não diminui, em nada, a masculinidade”, conclui.

Cassiano Veloso

Enviar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *