Na última quinta feira (10), alunos do sétimo período de Jornalismo da Funorte, juntamente com a professora Maria Fernanda Ruas debateram sobre a importância do jornalismo comunitário. Na ocasião, os acadêmicos trouxeram jornais, revistas e livros para mostrar a relevância deste tema para a sociedade, pois, segundo a docente este tema aproxima as pessoas da sua própria realidade. “É um segmento que pretende abordar os acontecimentos de uma comunidade, sendo possível dar destaque a estes locais”, afirmou. A docente ainda explica que o jornalismo comunitário tem uma importância social muito grande. Ela dá voz as pessoas que, muitas vezes, não têm. “É oportunidade de terem seus desejos atendidos e os questionamentos respondidos”, ponderou.

Durante o debate os alunos discutiram a atual situação da mídia no Brasil e como este tipo de jornalismo é importante. A acadêmica Indinayara Gouveia explica que esta disciplina coloca os acadêmicos no campo social e o debate ajuda a descobrir o papel do profissional de imprensa. “Discutir este tema é relevante porque é uma das matérias que realmente colocam o aluno em contato com a realidade. Isto reflete em questionamentos sobre a atuação e formação do jornalista”, disse.

Já para o estudante Júlio Cesar, este tipo de aula foi essencial para compreender melhor este segmento. “Foi muito interessante, pois pude entender as vertentes dessa área e como ela pode auxiliar as comunidades e ajudou a ampliar o olhar que eu tinha sobre este assunto”, concluiu.

Gabriel Mota

Enviar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *