Pedagogia

Informações Gerais

LOCAL DE FUNCIONAMENTO: Campus São Luís

Rua Lírio Brant, 787 – Bairro: Melo
Montes Claros/MG – CEP 39.401.063   –    (38)2101-9494

Coordenadora de curso – Rosiene Gomes Pereira

Currículo Lattes

Modalidade – Licenciatura

Fone/Funorte: (38) 2101-9494

Duração – 4 anos  (08 Períodos)

Carga horária – 3.760 horas

O Curso

O curso de Pedagogia destina-se a formação de professor para atura, com ética e compromisso na docência na educação infantil – crianças de zero a cinco anos e nos anos iniciais do ensino fundamental de 1ª a 4ª série, propiciando a elas o desenvolvimento das dimensões físicas, emocionais e cognitivas. Além disso, o profissional egresso do curso de Pedagogia está preparado para atuar na docência de cursos de nível médio, na modalidade Normal e também como pedagogo em organizações escolares e não escolares e não escolares, Ongs, conselhos tutelares, postos de saúde, igrejas, penitenciárias, indústrias, empresas e hospitais.

O que você vai estudar O curso de Pedagogia oferece fundamentação teórico-prática necessita de formação competente e responsável de profissionais, nos campos pedagógicos para atuar nas áreas supracitadas. A proposta curricular e a distribuição dos conteúdos se expressam em três núcleos, estudos integradores, aprofundamento e diversificação baseados nos princípios fundamentam educação, ou seja, ética, inter-relação teoria-prática, integração ensino, pesquisa e extensão. O curso orienta-se no sentido de capacitar o pedagogo para intervir nos processos pedagógicos que envolvam alunos com necessidades educacionais especiais, tanto na escola comum quanto nas escolas de educação especial.

Campos de Pesquisa e Extensão

O curso prioriza as práticas investigativas como meio de produção do conhecimento e intervenção na prática social. As pesquisas se dão no campo educacional em espaços escolares e não escolares laboratórios do curso são identificados como salas-ambiente as quais servem às atividades práticas, conteúdos programáticos, além de desenvolvimento de habilidades no exercício do magistério, realização de discussões práticas, auto-aprendizagem e pesquisa, com enfoque principal à integração e articulação dos aspectos teóricos e práticos. A brinquedoteca, equipada com brinquedos e jogos, é um espaço que desenvolve habilidades dos estudantes para a arte a as vivências lúdicas. Atualmente montada na Escola Estadual Gonçalves Chaves, serve de campo de pesquisa e extensão para os acadêmicos. O curso também com uma classe hospitalar em parceria com o hospital Aroldo Tourinho.

Principais atividades do curso

Eventos científicos como seminários, palestras, encontros, projetos sociais desenvolvidos em parceria com Centro de Pós-Graduação da Funorte e outros cursos de licenciatura da rede. Acontece também a Semana da Educação, sempre no 2º semestre do ano, num momento de encontro dos cursos de licenciatura, quando são programadas palestras, oficinas, apresentação de projetos e dos melhores trabalhos realizados pelos alunos.

Informações complementares

O curso atende às diretrizes curriculares do MEC fornecendo fonte teórica e prática. O estágio supervisionado é realizado em escolas de ensino público e privado, creches e centros de educação infantil.

Missão / Objetivo

Missão

Formar professores para exercer funções de magistério na Educação Infantil e nos Anos Iniciais do Ensino Fundamental, nos Cursos de Ensino Médio, na modalidade Normal, de Educação Profissional na área de serviços e apoio escolar e em outras áreas nas quais sejam previstos conhecimentos pedagógicos.

Objetivo

O curso de Pedagogia tem como objetivo prioritário formar professores para exercer funções de magistério na Educação Infantil e nos Anos Iniciais do Ensino Fundamental, nos Cursos de Ensino Médio, na modalidade Normal, de Educação Profissional, na gestão de processos educativos e funcionamento de sistemas e instituições escolares e em outras áreas nas quais sejam previstos conhecimentos pedagógicos.

Nasceu da transformação do Normal Superior, já existente na IES, tendo em vista as rápidas transformações pelas quais estão passando os fazeres profissionais, transformações estas que marcam, de forma particular, o profissional da educação, em virtude das transformações paradigmáticas que colocam a educação como fenômeno global e permanente, ou seja, que acontece em diferentes espaços e não só no “lugar escola” e durante toda a vida do indivíduo, e não só no primeiro quarto da sua existência.

Nesse contexto, exige-se que os cursos de Pedagogia, a partir das Diretrizes Curriculares/2006, explicitem os princípios norteadores de sua atuação com vistas a assegurar resultados efetivos na formação global do educador e gestor e, conseqüentemente, abrir as possibilidades para sua inserção nos processos sociais, considerando a variabilidade dos processos educativos e sua permanência, para além dos muros da escola.

Essa proposta é, portanto, o resultado de um debate que se coloca em nível nacional, sobre o futuro da profissão do educador num contexto marcado não só pela presença massiva das mídias, mas por mudanças culturais profundas que apontam para a necessidade de um novo pacto social que tenha no “homem” sua principal referência, paradigma que serve, inclusive, de contraponto à massificação e à homogeneização características desse tempo. A proposta contempla, assim, a diversidade dos espaços educativos bem como dos meios que unem uma pessoa a outra, na relação educativa.

O curso buscará a formação de uma cidadania consciente e ativa oferecendo aos seus alunos bases científico-culturais e pedagógicas que lhes permitam identificar e posicionar-se frente às transformações que o sistema educacional brasileiro vem passando, incorporando-se à vida produtiva como possibilidade de transformá-la em “vida criativa”.

Perfil Profissional

Campo de Atuação

O campo de atuação profissional do pedagogo se define nas seguintes esferas.

1- Escola de Educação Básica:

O curso de Pedagogia irá preparar, em nível superior, o profissional para atuar na docência na Educação Infantil e Anos Iniciais, nas modalidades regulares, educação especial, educação indígena, educação rural e educação de jovens e adultos; além de prepará-lo para o desempenho de outras funções como coordenação pedagógica, supervisão, inspeção, orientação, e administração escolar.

2- Espaços Não-Escolares

– Em projetos e instituições educativas (ONGs, Conselhos Tutelares, Postos de Saúde, Igrejas, Penitenciárias, Indústrias, Empresas e Hospitais) ou em ações coletivas e culturais com jovens, meninos de rua, idosos, mulheres, negros, comunidades indígenas, etc.

– Avaliação de sistemas, projetos educacionais, comunicações de massa, informática, entre outros.

– Na pesquisa e investigação, oferecendo condições, ainda, para o aprofundamento dos estudos em nível de pós-graduação, contribuindo para a geração e construção de conhecimento científico.

Enviar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *