Letras Português/Espanhol

Informações Gerais

LOCAL DE FUNCIONAMENTO: Campus São Luís
Rua Lírio Brant, 787 – Bairro: Melo
Montes Claros/MG – CEP 39.401.063
Coordenadora de curso –  Alba Valéria Niza Silva coord.letras@funorte.edu.br
Telefone: (38) 2101-9469 / 21019494
Modalidade – Licenciatura

Turno – Noturno

Perfil Profissional

Perfil Profissional

O Curso de Letras/Espanhol tem como objetivo formar docentes para o ensino Fundamental e Médio, além de constituir base para que o graduado possa prosseguir seus estudos em nível de pós-graduação, já que deve tratar-se de um curso de Licenciatura que dê a seu egresso condições de desempenhar trabalho de investigação científica formal, além de habilitá-lo para o magistério. O Curso pretende, ainda, estruturar-se de maneira a oferecer a seu egresso, também a possibilidade de preparar-se para atuar como revisor, redator, crítico literário ou assessor cultural, através de cursos com duração especifica em continuidade aos estudos posteriores ao curso oferecido ou concomitantes.

Nesse sentido, o graduado do Curso de Letras/Espanhol deverá ser um profissional da linguagem, habilitado a atuar em qualquer campo que seu trabalho específico seja requisitado. Deve, portanto, ser preparado para, durante o curso, desenvolver as competências necessárias para esse exercício profissional. Essas habilidades e competências assentam-se sobre a noção essencial de que a linguagem humana é diacrônica e socialmente construída, constituindo um objeto falho, opaco e produtor de ruídos. Por essa razão, deve ser sempre pensada como se dando no meio social, através dos textos (em sentido lato), isto é, de forma pragmática. A noção de linguagem que subjaz o presente projeto, portanto, é interacional, nos termos do processo de produção e recepção textual.

Por isso, para citar as Diretrizes Curriculares do MEC, o Curso de Letras/Espanhol propõe uma estrutura flexível que:
• faculte ao profissional a ser formado opções de conhecimento e de atuação no mercado de trabalho;
• crie oportunidade para o desenvolvimento de habilidades necessárias para se atingir a competência desejada no desempenho profissional;
• dê prioridade à abordagem pedagógica centrada no desenvolvimento da autonomia do aluno;
• promova articulação constante entre ensino, pesquisa e extensão, além de articulação direta com a pós-graduação.

Coordenação

Alba Valéria Niza Silva

Acesse o Lattes

Contato: coord.letras@funorte.edu.br

(38) 2101-9494

Extensão

APRESENTAÇÃO

“Numa sociedade cuja quantidade e qualidade de vida assenta em configurações cada vez mais complexas de saberes, a legitimidade da universidade só será cumprida quando as atividades, hoje ditas de extensão, se aprofundarem tanto que desapareçam enquanto tais e passem a ser parte integrante das atividades de investigação e de ensino. SANTOS, Boaventura de Souza.”

A extensão universitária é na realidade, uma forma de interação que deve existir permanentemente entre a universidade e os diversos setores da sociedade. Assim, a extensão universitária deve ser entendida como ato ou efeito de estender à comunidade social, o acesso pela Instituição de Ensino Superior-IES, indissociável, portanto, das funções de ensino e pesquisa.

Deste modo as Instituições de Ensino Superior-IES têm a oportunidade de levar até à comunidade os novos conhecimentos que produz, ao pesquisar os valores e a cultura regional e divulgando-os com o ensino. É uma forma de socializar e democratizar o conhecimento, levando-o também aos não universitários. Neste ato de comunicação dos cursos da Instituição com a realidade local , regional ou nacional, ocorre a possibilidade de renovação constante de sua própria estrutura, de seus currículos e suas ações tornando-os mais inseridos no contexto de realidade do país.

Sendo assim, o ensino necessita da extensão para levar seus conhecimentos à comunidade e completá-lo com aplicações práticas. A interdependência, portanto, entre ensino-pesquisa e extensão se faz obrigatória, pois a extensão, nas diversas áreas precisa dos conteúdos, dos educandos e dos professores para ser efetivada; necessita, ainda, da pesquisa, para diagnosticar e oferecer soluções para os diversos problemas com os quais irá deparar-se, bem como para que esteja, constantemente, atualizando-se, pois, a pesquisa não pode prescindir dos conhecimentos detidos pelo ensino, como base de partida para novas descobertas e, também do ensino e da extensão, para difundir e aplicar sua produção e, assim, indicar-lhe os novos rumos a seguir. Os cursos da Instituição esperam que, através do seu Núcleo de Extensão-NEX, possam prestar uma contribuição sócio-educacional às comunidades interna e externa, no oferecimento de atividades de extensão com qualidade e compromisso social.

Integração Ensino, Pesquisa e Extensão

O princípio da integração é o que vai possibilitar união entre o todo institucional e suas partes, fundamental para a qualidade das ações internas e externas. Assim é necessário que professores, alunos e funcionários busquem a integração, em todas as relações, de idéias e intenções, planos, projetos e programas, assim como entre setores e entre a FUNORTE e outras instituições afins.

A integração pressupõe uma atitude de abertura ao coletivo e ao entendimento da diversidade como riqueza para o crescimento. É fundamental a integração entre ensino, pesquisa e extensão; entre atividades-meio e atividades-fim, para que a qualidade das ações dê a visibilidade institucional desejada, fazendo-se cumprir sua missão. A indissociabilidade entre ensino, pesquisa e extensão deve embasar os programas de ensino da FUNORTE, seus núcleos temáticos e suas atividades acadêmicas de iniciação científica, a mais ampla prática profissional, em articulação com a comunidade. Deve-se buscar a consolidação da metodologia de trabalho, de forma que no ensino haja espaço para a integração da pesquisa e da extensão, por meio de ações estratégicas, no sentido de:

  • criar e desenvolver linhas de pesquisa institucionalizada por meio de núcleos interdisciplinares de projetos de pesquisa e de extensão, envolvendo docentes e alunos;
  • produzir conhecimento, resultante de linhas de pesquisa e de extensão que considerem a realidade e que envolvam também empresas, favorecendo a evolução cultural, científica e tecnológica;
  • estimular o desenvolvimento da produção científico-tecnológica e sua disseminação para a sociedade, incrementando a prestação de serviços;
  • integrar as atividades complementares, Projetos Interdisciplinares e TCC´s às ações pedagógicas do Curso;
  • propiciar a orientação aos alunos em projetos de iniciação científica;
  • fortalecer programas de pós-graduação integrados com a graduação, numa visão sistêmica, implementando convênios regionais, nacionais e internacionais.

Com este posicionamento as linhas básicas de ensino, pesquisa e extensão da FUNORTE fundamentam-se na perspectiva da educação continuada.
Além de nortear-se pelo princípio da integração entre ensino, pesquisa e extensão, a FUNORTE considera essencial a articulação entre as várias modalidades de ensino, por meio de programas coordenados e da prática docente em todos os níveis. Em seu projeto educacional, a FUNORTE incentiva o desenvolvimento de competências que mobilizam, integram e articulam os conhecimentos, o saber-fazer e as atitudes necessárias para a busca de soluções. Para tanto, os coordenadores devem ser orientados para a elaboração de um Perfil do Profissional e Currícular pertinente a este perfil e ao mesmo tempo buscar a implantação de programas que busquem reforçar a empregabilidade do aluno e antecipar seu ingresso no mercado de trabalho.

Política de Pesquisa

A FUNORTE estimula a pesquisa no âmbito da graduação, envolvendo docentes e estudantes no Programa de Iniciação Científica, mediante incorporação do princípio de investigação durante a formação profissional, com a supervisão de professores/pesquisadores, proporcionando a produção de conhecimento nas áreas de prioridade institucional. Incentiva também pesquisas que envolvem a aproximação entre a universidade e empresas.

A promoção da Iniciação Científica constitui um dos elementos do programa de desenvolvimento da FUNORTE. Os projetos de iniciação científica, aprovados pela Coordenação de Curso, pela Comissão de Ética, são de responsabilidade dos docentes proponentes, que orientam as atividades desenvolvidas pelos alunos.

Política de Extensão

A extensão interliga a FUNORTE por meio das atividades de ensino e de pesquisa com as demandas da sociedade e possibilita a formação profissional pessoal e social do cidadão, a prática de educação empresarial e linhas programáticas extensionistas institucionais:

1. Na dimensão da relação entre FUNORTE e sociedade, a extensão viabilizará e realizará projetos sociais, comunitários, artísticos, culturais, esportivos, com linhas programáticas tais como: integração esporte e atividade física com atenção à saúde; atendimento integral à criança, adolescentes e idosos; atenção a grupos de pessoas com necessidades especiais; melhoria da saúde; qualidade de vida; formação de mão-de-obra; qualificação para o trabalho; reorientação e capacitação profissional por meio de projetos de alfabetização, educação de jovens e adultos e de cursos profissionalizantes, tais como: Alfabetização Solidária, Inclusão Digital e Cursos para a 3ª. Idade.

2. A Política de Extensão poderá prever linhas programáticas pertinentes ao terceiro setor e à cultura. Em relação ao terceiro setor, abrangerá as áreas de práticas de atuação social – arte e cultura, cidadania e direitos humanos, desemprego ou geração de renda, desenvolvimento comunitário, direito do consumidor, educação, esportes, meio ambiente, moradia, saúde, violência. Em relação à cultura, desenvolve ações sociais e esportivas. Esses programas fortalecem a imagem da FUNORTE como instituição cidadã, com responsabilidade social.

3. Na formação profissional, desenvolverá projetos, cursos e realizará a prestação de serviços como educação corporativa, oferecerá cursos personalizados, fortalecerá a integração universidade-empresa. Baseiar-se-á no eixo temático educação para o trabalho: educação continuada, educação profissional/corporativa, capacitação e qualificação de recursos humanos, empreendedorismo, inserção no mercado de trabalho e qualidade de vida acadêmica.
Assim, desenvolverá educação corporativa, oferecerá cursos personalizados para empresas e outras instituições, de modo a atender necessidades específicas de formação profissional, de acordo com as peculiaridades de cada segmento de negócio.

ATIVIDADES DE EXTENSÃO OBJETIVOS
CURSO DE INICIAÇÃO Oferecer noções introdutórias em uma área específica do conhecimento (abaixo de 40h).
CURSO DE ATUALIZAÇÃO Reciclar e ampliar conhecimentos habilidades ou técnicas em uma área de conhecimento (acima de 40 h).
CURSO DE APERFEIÇOAMENTO Aprimorar ou aprofundar habilidades técnicas em uma área do conhecimento, podendo ter caráter eventual ou permanente; constituí-se de conjunto estruturado de disciplinas ou atividades correlatas, com carga horária mínima de 180 horas.
CURSO DE TREINAMENTO PROFISSIONAL Treinar e capacitar em atividades profissionais específicas
EVENTOS CIENTÍFICOS E TÉCNICOS Promover atividades acadêmicas científico-culturais como: Congressos; Mesas-redondas; Simpósios; Encontros – Seminários; Palestras; Conferências e Outros.
Assessorias / Consultorias atividades de transferência à comunidade do conhecimento gerado e instalado na Instituição.
PROJETOS DE EXTENSÃO Integrar os professores e acadêmicos com a comunidade através dos projetos de extensão, aumentando o campo de atuação e aperfeiçoamento dos acadêmicos e melhorando a qualidade de vida da comunidade em geral.

Estágio/Laboratorial

O Curso de Letras/Português-Espanhol buscará através de seus estágios supervisionados e outras atividades práticas:

  1. Proporcionar ao estudante oportunidade de desenvolver suas habilidades em docência e incentivar a busca do aprimoramento pessoal e profissional;
  2. Atenuar o impacto da passagem da vida de estudante para a vida profissional, abrindo ao estagiário mais oportunidades de conhecimento da filosofia, diretrizes, organização e funcionamento das instituições empregadoras e da comunidade;
  3. Facilitar o processo de atualização de conteúdos disciplinares, permitindo adequar os de caráter profissionalizante às constantes inovações tecnológicas, políticas, sociais e econômicas a que estão sujeitas;
  4. Incentivar o desenvolvimento das potencialidades individuais, propiciando o surgimento de novas gerações de profissionais capazes de adotar modelos de docência, gestão, métodos e processo inovadores, novas tecnologias e metodologias alternativas.

Para a viabilização das atividades práticas e de estágios, serão firmados vários convênios com instituições públicas e privadas para garantir uma gama de disponibilidade de estágios ampla e diversificada, além de atividades práticas associadas aos grupos de estudos. A Instituição, dentro de sua política de aproximação com a comunidade e oferta de serviços nas diversas áreas que compõem seu universo de atuação, priorizará as parcerias já realizadas e aquelas em negociação.

Laboratórios

O Projeto Pedagógico do curso dá atenção especial à relação teoria/prática, tida não como momentos distintos da ação pedagógica, mas como movimentos sincronizados onde a reflexão teórica predispõe à transformação da prática profissional e esta subsidia novos movimentos de teorização. Nesse sentido, há de se estender a mesma preocupação às práticas laboratoriais, entendidas como ações de suporte ao processo ensino-aprendizagem, que serão tanto mais ricas quanto maior liberdade de experimentação permitir aos alunos.

O Curso de Letras Português/Espanhol utiliza dos seguintes laboratórios:

Laboratório de informática:
Tem por finalidade oferecer apoio ao ensino, pesquisa e extensão. São atividades sob responsabilidade do laboratório:

• Suporte e treinamento de usuários;
• Pesquisa e análise de softwares para uso na rede, definindo a viabilidade de aquisição dos mesmos;
• Disponibilidade de equipamentos e softwares para aulas práticas;
• Disponibilidade de acesso a internet para os usuários.

Laboratório de Auto-aprendizagem de Línguas:
Propicia condições materiais para que os alunos controlem sua própria aprendizagem fora da sala de aula, com e sem interferência direta de professores, atendendo, assim, as diferenças individuais.
Laboratório de Prática de ensino:

Contribui com a formação profissional dos licenciados dos vários cursos de letras, do enriquecimento da execução dos programas de práticas de ensino e a promoção do ensino de línguas. Em consonância com os propósitos descritos; promover mini-cursos que se consubstanciam em aulas de línguas estrangeiras ministradas por alunos matriculados nesses cursos, com orientação, acompanhamento, supervisão de seus respectivos professores; presta assessoria a professores da rede pública e particular de ensino.

Biblioteca Virtual

Atividades Extracurriculares

Projeto Caminhos da Leitura

Período: Semestral

Programa:  O “Caminhos da Leitura”, inspirado no projeto “Literatura para Todos”, da Faculdade de Letras da UFMG em Belo Horizonte, foi trazido para Montes Claros por meio da parceria firmada entre a Funorte, a UFMG e a MCTrans. O objetivo é incentivar a leitura da literatura nacional, divulgar obras de artistas plásticos da nossa região e, consequentemente, incitar o desejo na população montes-clarense de produzir suas próprias obras. O projeto conta com a participação de acadêmicos dos cursos de Comunicação Social, Letras e Pedagogia da Funorte.
Coordenação: Lara Araújo

INELL

O que é: O Intercâmbio de Estudos Lingüísticos e Literários – INELL – é uma iniciativa do Curso de Letras da FUNORTE e visa à divulgação de pesquisas nas áreas de Lingüística, Literatura, Análise do Discurso, Tradução e Estudos Culturais.

Onde e quando acontece: Acontece em duas Unidades de Ensino da FUNORTE: o Campus São Luís e o Campus São Norberto de dois em dois anos.

Pessoal envolvido: Acadêmicos, professores e coordenadores do curso de Letras

Público atendido: São 250 vagas para acadêmicos da instituição e público externo.

Período de desenvolvimento: Maio

Organizadores do evento: Professores e acadêmicos do curso de Letras.

Seminário de Libras

O que éÉ um seminário voltado para a reflexão sobre a importância da Libras para a formação do educador.

Onde e quando acontece: Acontece no Campus São Luís e/ou no Campus São Norberto, semestralmente.

Pessoal envolvido: Acadêmicos dos cursos de Letras e de Pedagogia, além dos coordenadores e professores.

Público atendido: Acadêmicos dos cursos de Letras e de Pedagogia da FUNORTE e também acadêmicos de outras instituições. São disponibilizadas 250 vagas.

Período de desenvolvimento: Junho e Outubro

Organziadora do evento: Professora Rosani Cristine Paraíso Garcia

Cinema Comentado

O que é: O Projeto Cinema Comentado Cineclube nasceu em agosto de 2003, com exibições e comentários de filmes realizados no auditório da Câmara de Vereadores de Montes Claros. As sessões se organizam em mostras temáticas abordando assuntos específicos, estilos e gêneros cinematográficos diversos e filmografia de diretores/atores. O objetivo do Cinema Comentado é criar uma identidade entre o cinema (arte, ritual, meio de comunicação de massa e manifestação cultural) e a sociedade.

Onde e quando acontece: As sessões acontecem no salão de convenções do Sesc, aos domingos, às 18h, e no auditório do Sesc, aos sábados, às 19h.

Envolvidos: O Cinema Comentado Cineclube desenvolve parceria com o curso de Comunicação Social-Jornalismo, como espaço para atividades complementares (AACC) e de extensão, estimulando desde a formação crítica dos acadêmicos nos debates e discussões até a participação dos estudantes em oficinas e workshops promovidos.

Público atendido: Acadêmicos de diversos cursos superiores da cidade – especialmente os estudantes da Funorte e Unimontes; cinéfilos e estudiosos de cinema; publico em geral. A entrada para as sessões é gratuita.
Período de desenvolvimento: janeiro a dezembro de cada ano.

Coordenador: O projeto é supervisionado pelo prof. Elpidio Rodrigues da Rocha Neto – coordenador do curso de Comunicação Social-Jornalismo e diretor administrativo do Cinema Comentado Cineclube.

*Curso de Libras, Nivelamento e Aperfeiçoamento em Língua Espanhola, Reforço Escolar.

* Circuito Cineclube

* Minicursos

* Oficinas de textos

Enviar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *