História

Informações Gerais

LOCAL DE FUNCIONAMENTO: Campus São Luís
Rua Lírio Brant, 787 – Bairro: Melo
Montes Claros/MG – CEP 39.401.063   –    (38)2101-9494
Diretora Acadêmica da Soebras/Plataforma Norte – Thalita Pimentel Nunes

Diretor de qualidade e de relações institucionais da Rede Soebras/Plataforma Norte – Pedro de Almeida Souza

Gestora Administrativa – Ivanilde Soares Queiroz Almeida ivanilde.queiroz@funorte.edu.br     (38) 2101-9494

Coordenadora de Pesquisa e Pós-Graduação – Kimberly Jones – (38) 2101-9289

Coordenadora de Extensão Funorte/FASI – Marcela Pamponete (38) 2101-9767

Turno – Noturno

Modalidade – Licenciatura

Duração – 3 Anos (06 Períodos)

Carga Horária Total – 3.240 horas

Regime de Matrícula – Semestral

Missões / Objetivo

Missão

A Licenciatura Plena em História tem como finalidade formar o profissional com pleno domínio da natureza do conhecimento histórico e das práticas essenciais de sua produção e difusão. Formar o cidadão crítico, consciente e capaz de suprir demandas sociais específicas do seu campo de atuação em todos os níveis: Nacional, Estadual e Regional/Local.

A realidade do Norte de Minas, pela grande carência de professores e a ampliação do campo de atuação do profissional em história e as novas diretrizes propostas pela LDB/96, com relação à formação profissional, são fatos que justificam a implementação de novos cursos de licenciatura plena na região, bem como do historiador, pois essa riqueza histórica constitui um vasto campo para a pesquisa e para a aplicação do conhecimento necessário ao exercício do magistério, base fundamental  do Curso de História.

Perfil Profissional

Perfil Profissional

O profissional formado pelas Faculdades Integradas do Norte de Minas – Funorte, deverá estar capacitado a atuar no ensino fundamental e médio e a exercer o ofício de historiador em todas as suas dimensões, o que supõe pleno domínio da natureza do conhecimento histórico e das práticas essenciais de sua produção e difusão. Isso significa propiciar uma formação abrangente, tendo em vista as grandes áreas de conhecimento, levando o professor de História a ser capaz de atuar também como pesquisador, associando a prática pedagógica à produção de conhecimento necessário a explicar a realidade em que se vive e a transformá-la.

Nesse sentido, o professor da Funorte em consonância com os princípios de cidadania e ética, deverá ter habilidades para, através do domínio do instrumental teórico, compreender a realidade brasileira, a situação educacional do país, as necessidades educacionais e sociais e a formular, nos mais diversos níveis de ensino, métodos eficazes de transmissão do conhecimento histórico adaptados à realidade local e suas necessidades históricas e contemporâneas.

Mercado de Trabalho

A proposta geral do curso de História deve ser a de atuar, de maneira eficaz, no desenvolvimento regional e nacional, no sentido político, social e humano, cujo veículo é a educação. Isto significa buscar uma forma de atuação na comunidade, através da implementação de projetos de ensino e pesquisa, capaz de levar ao crescimento individual e à capacidade de intervenção do indivíduo na sociedade, de maneira a transformá-la positivamente, criando melhores oportunidades de trabalho, de relacionamentos sociais, de interação com o meio ambiente. Em outras palavras, a História, enquanto ciência e por meio da educação, deve fornecer uma importante parcela de contribuição para a superação dos problemas sociais que atingem o país, especialmente as regiões mais carentes.

Trata-se aqui de uma dupla tarefa: estender, por meio da pesquisa e do ensino da História, a atuação acadêmica à comunidade em geral e em benefício dela. Nesta perspectiva, o curso de Licenciatura em História deve voltar-se para a formação dos professores que atuarão nas escolas do ensino fundamental e médio, fornecendo a estes futuros professores os instrumentos necessários a torná-los aptos ao domínio dos conteúdos de História e a dar a estes conteúdos um tratamento propício à conscientização e superação dos problemas sociais, ou seja, de levar o aluno à compreensão crítica da sociedade e a desenvolver nele a capacidade de intervenção nesta mesma realidade.

Enviar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *