Professores e acadêmicos do curso de Serviço Social Funorte promoveram, no dia 23 de novembro, palestra na E. E. Vereador Franscisco Tófani, com o objetivo de debater sobre a importância de combater o bullying nas escolas. O bullying corresponde à prática de atos de violência física ou psicológica, intencionais e repetidos, cometidos por um ou mais agressores contra uma determinada vítima.

A psicóloga convidada, Sandrine Ferreira, explica que, “o termo em inglês ‘bullying’ é derivado da palavra ‘bully’ (tirano, brutal). Em outros termos, significa todo tipo de tortura física ou verbal que atormenta um grande número de vítimas no Brasil e no mundo”, destacou.

Os alunos participaram também de “Show de Talentos”, que buscou, de forma interativa, conscientizar sobre o combate estas agressões. Para a supervisora do colégio, Vera Lucia de Oliveira, “os conflitos entre crianças e adolescentes são comuns, pois trata-se de uma fase de insegurança e autoafirmação. Porém, quando os desentendimentos são frequentes e partem para humilhações, é aí que o bullying prolifera”, diz.

A acadêmica do curso de Serviço Social, Rosângela Araújo, relata a importância da participação do assistente social no âmbito escolar. “A proposta de se ter um assistente social na equipe multidisciplinar, atuando conjuntamente com pedagogos, é um momento novo para a educação, mas de grande relevância, pois o assistente trabalha em prol dos alunos, família, escola e sociedade, desta forma, diminui, significativamente, a evasão escolar”, conclui.

Enviar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *