Foi realizado na última terça-feira, no campus São Norberto, o XVI Seminário Interdisciplinar de Estágios em Psicologia. O evento, que foi organizado pelos acadêmicos do 3º período de Psicologia da Funorte e pela coordenadora Leila Silveira, teve como objetivo apresentar as práticas realizadas nos estágios básicos e específicos, além de proporcionar uma interação entre os alunos.

Uma das organizadoras do seminário, a estudante do 3º período de Psicologia, Juliana Dias, diz que os seminários anteriores que presenciou foram fundamentais para ajudar a pensar na organização do atual. “Neste ano pensamos em fazer uma coisa nova, diferenciada e com o intuito de agradar as pessoas que estarão aqui participando deste seminário”, ela diz e continua: “As apresentações funcionam da seguinte forma: Cada período apresenta o seu trabalho de estágio, explicando como foi na prática e apresentando as dificuldades que cada um enfrentou, como se sentiram durante este período, como foi a receptividade e o que cada um internalizou para si. O melhor de tudo isso é que aprendemos muito com as apresentações, além de do fato de adquirirmos experiência para os próximos seminários”, afirma.

Segundo o professor Ted Nobre Evangelista, o seminário interdisciplinar propicia aos alunos um contato direto com as práticas de atuação da Psicologia. “Essas práticas não acontecem em um único momento, mas em cada período, e isso propicia para o aluno um crescimento e um amadurecimento diante das responsabilidades que eles terão ao assumir a profissão de Psicologia”, ele explica e prossegue: “durante as apresentações do dia de hoje, aqueles que ainda não tiveram a oportunidade de participar do estágio, se familiarizarão com as técnicas, com o conteúdo e com os resultados. Aqueles que já passaram, prestigiarão o primeiro contato dos seus colegas, que são dos períodos recentes. A partir disso, é possível criar esse cuidado com a formação do profissional de Psicologia ainda na academia e esse cuidado não é só dos professores, mas, também, dos estudantes”.

A acadêmica do 9º período de psicologia Eliade da Mata, de 34 anos, explica que apresentações como esta são de grande importância para os alunos, porque, segundo ela, não é somente apresentar a prática vivenciada, mas trocar mesmo experiências com os demais colegas. “O que vivemos na prática é totalmente diferente do que estudamos na teoria, em sala de aula, então essa troca de experiência propicia uma segurança maior para nós, acadêmicos”, diz.

Eliade ainda falou sobre o conteúdo do trabalho apresentado por ela no seminário: “Hoje eu apresentei um estágio supervisionado específico 1 em saúde mental. Um projeto q foi levado para a comunidade, em dois ESF’s. Foi importante porque trabalhamos com a busca ativa, visto que existem muitos portadores de doença mental que ficam em casa e não estão na rede, pois geralmente a família não tem conhecimento de como proceder. Então nós fizemos as visitas domiciliares, com a ajuda e orientação dos agentes de saúde, convidando-os a participar. Foi tudo maravilhoso e eu estou muito feliz em poder apresentar este trabalho aqui hoje”, afirma.

A coordenadora do curso de Psicologia da Funorte Leila Silveira considera este evento o momento mais importante do semestre, como declara: “Este é o momento em que os alunos demonstrarão toda a aquisição de conhecimento e terão a oportunidade, inclusive, de falar das ansiedades, das inseguranças e das superações. Hoje teremos apresentações de todas as turmas, incluindo a exposição de banners e apresentação artística”, conclui.

Enviar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *